Militares participam de palestra sobre comportamento e autoproteção
Publicado: 23 de Maio de 2018 - Hora: 11:59

Militares participam de palestra sobre comportamento e autoproteção

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará, por meio da BM2, realizou nesta manhã, 23, no Centro Cultural Tancredo Neves (Centur) um momento de palestras acerca do tema sobre o “Comportamento de Autoproteção” com o foco nos militares do CBM.

O André Costa, Delegado de Polícia Civil e Diretor da Divisão de Homicídio no seu ato da fala abordou sobre o contexto da violência urbana cometida na Região Metropolitana de Belém envolvendo os policias como vítima e apresentou aos presentes o que provoca o crime e latrocínio.

O Chefe da Casa Militar, Coronel da Polícia Militar Cesar Mello, frisou que “a palestra vem de um estudo profundo sobre o comportamento de autoproteção e ela é uma mudança de hábitos para tentar criar um ambiente mais tranquilo. Os pontos mais importantes são os conceitos chaves como a atenção concentrada, criação de cenários mentais (o que eu devo fazer e como?), isso ajuda no trabalho e no ambiente familiar, e estar atento aos problemas que podem acontecer e saber como proceder é fundamental”.

Outro assunto abordado foram sobre hábitos que os militares devem ter como, por exemplo, evitar frequentar bares de madrugada, estar atento ao entrar na garagem da casa, não usa celular/whatsapp durante o serviço e evitar usar transporte coletivo fardado: “Nós como agentes de segurança pública temos que ser minuciosos e estar atento sempre, nós somos considerados alvos preferências porque usamos um material muito útil para os bandidos que são nossas armas”, destacou o Coronel Cesar Mello.

O Major PM Rodrigo Aleixo abordou sobre a atenção redobrada, usando vídeos para mostrar sobre a percepção de risco e o tempo-resposta durante uma ação e reforçou sobre a segurança de aí próprio.

O Coronel Augusto Lima, comandante geral em exercício agradeceu a presença dos militares e dos palestrantes: “neste momento esse tema é de grande relevância, precisamos ouvir, entender e aplicar em nossas vidas como militares, por isso agradecemos a presença dos militares da Polícia Militar e o delegado da Polícia Civil por apresentarem informações fundamentais que serão extraídas e aplicadas no dia a dia de todos presentes”, frisou

Texto e fotos: Ascom CBMPA