MEMÓRIA: 2º CAFÉ DA MANHÃ INSTITUCIONAL REÚNE MILITARES VETERANOS
Publicado: 14 de novembro de 2019 - Hora: 16:40

MEMÓRIA: 2º CAFÉ DA MANHÃ INSTITUCIONAL REÚNE MILITARES VETERANOS

 

Nesta quinta-feira (14), o Corpo de Bombeiros Militar do Pará realizou no “Casarão Vermelho” (antigo quartel do Comando Geral), no bairro da Campina, o café da manhã aos militares veteranos. O encontro institucional, está em sua segunda edição neste ano, e também faz alusão ao Dia do Bombeiro Paraense. Na ocasião, estiveram presentes oficiais e praças que fazem parte da história da corporação. A cerimônia iniciou com a abertura oficial, seguindo com o culto ecumênico e logo após, os ex Comandantes puderam relembrar suas histórias e partilhar essas experiências. Foi um dia para vivenciar o presente, relembrando o passado.

A mesa da cerimônia foi composta pelas “autoridades” entre oficiais e praças emblemáticos, como o Coronel RR Gilberto, ex Comandante Geral mais antigo presente no local; Coronel RR Hilberto, também foi ex Comandante Geral; Tenente-Coronel Rabelo, atual comandante do 21º Grupamento Bombeiro Militar e Presidente do Clube de Oficiais do CBMPA; Subtenente RR Assis e Subtenente RR Geruza. Sendo a cerimônia presidida pelo Coronel Alexandre Costa, Comandante Geral do CBMPA em exercício, que enfatiza o encontro para fortalecer os laços dos militares que ainda estão atuando na Corporação, com os que já lutaram bravamente para atender a sociedade.

O evento resgata a memória dos veteranos soldados do fogo, que estiveram, em toda a época de sua vida, salvando vidas alheias em nome da instituição, superando toda as dificuldades em prol do ser humano.

“Existe somente uma idade para a gente ser feliz, somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos, e ter energia bastante para realizá-las a despeito de todas as dificuldades e obstáculos… Tempo de entusiasmo e coragem em que todo o desafio é mais um convite à luta que a gente enfrenta com toda disposição de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO, e quantas vezes for preciso. Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se PRESENTE e tem a duração do instante que passa.” – Mário Quintana

 

ASCOM CBMPA

TEXTO: Igor Luz

FOTOS: Sargento Carlos; Isaac Amoras