CASO GILLIARD: BOMBEIROS SE PRONUNCIAM SOBRE DESAPARECIMENTO EM MARABÁ
Publicado: 29 de abril de 2019 - Hora: 20:34

CASO GILLIARD: BOMBEIROS SE PRONUNCIAM SOBRE DESAPARECIMENTO EM MARABÁ

No dia 27, sábado, o Corpo de Bombeiros Militar do Pará e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, através do 5° Grupamento Bombeiro Militar, concederam entrevista coletiva aos órgãos de imprensa, para esclarecer à população sobre o desaparecimento do Sr. Giliard Reis Santos, nas matas da Reserva Biológica do Tapirapé, desde o dia 10, segundo informações prestadas em Boletim de Ocorrência Policial. Tomaram parte na reunião o Comandante do 5° GBM, Major QOBM Átila, pelo Grupamento Aéreo de Segurança Pública (GRAESP), o Tenente Coronel QOBM Silvio Feitosa, a Polícia Civil, o Exército Brasileiro, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil Municipal de Marabá. Também tomaram parte na coletiva o Major QOBM Paulo César, Subcomandante do 5° GBM, e o 2° Sargento BM Aurino Souza de Almeida, que chefiou uma das equipes designadas para empreender buscas à vítima desaparecida. A coletiva foi aberta pelo Comandante do 5° GBM, que agradeceu o apoio de todos os órgãos envolvidos na operação e lamentou o fato de não ter sido encontrado o Sr. Giliard, solidarizando-se com o momento de angústia em que vivem os familiares e amigos. A palavra foi então franqueada ao 2° Sargento BM Aurino, que explanou sobre o desaparecimento, reiterando não ter encontrado nenhuma evidência de sua presença no teatro de operações. Convém mencionar que, nas buscas, foi utilizado o cão Greg, de propriedade do Subtenente BM Félix, que possui treinamento em buscas a pessoas desaparecidas.

ASCOM CBMPA