Militares da Infraero participam de Exercício Simulado e Emergência
Publicado: 29 de novembro de 2017 - Hora: 11:34

Militares da Infraero participam de Exercício Simulado e Emergência

Na manhã desta quinta – feira, dia 23 de novembro de 2017, os Militares do quartel do 1º SBM/INFRAERO, participaram do Exercício Simulado de Emergência  (ESEA), módulo PCINC – em atendimento a legislação nº 382/2016 ANAC objetivando testar a funcionalidade dos procedimentos previstos no Sistema de Resposta a Emergência Aeroportuária – SREA, envolvendo ocorrências com Produtos Perigosos na área de Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de Belém localizado no TECA da INFRAERO.

Na ocasião, foi simulado um acidente que deixou duas vitimas inconsciente que estavam transportando o Produto “PotássioMetálico”, este produto não possui odor e reage violentamente com a água produzindo gás inflamável.

O objetivo do simulado foi de verificar, além de outras medidas, o tempo resposta das equipes da 1º SBM, as medidas de segurança tomadas, as medidas de controle em caso de incêndio para evitar propagações, as medidas de resgates desenvolvidas durante a operação e etc… No geral as equipes obtiveram um excelente desempenho garantindo a segurança do local, das equipes e dos trabalhadores do aeroporto. O Simulado teve a participação e Coordenação do Cap QOBM Janio – Subcomandante da 1º SBM/INFRAERO.

Para o Comandante da Unidade, Major QOBM Thiago, “Esse tipo de simulado é muito importante, pois podemos verificar os níveis de conhecimento do efetivo em ocorrências dessa natureza e assim atualizar e melhorar nosso plano de contra incêndio”.

Segundo o Coordenador de Resposta e Emergência da INFRAERO, Alexandre Melo de Sousa, “Treinamentos dessa natureza são de extrema importância para verificações dos procedimentos dotados no Plano de Emergência- PLEM, bem como, no Plano de Contra incêndio – PCINC do Aeroporto Internacional de Belém, desta forma podemos aferir os protocolos dos citados planos e garantir que as equipes estejam preparadas para atuar e garantir a segurança dos usuários do sistema de aviação da cidade de Belém.”

Por Capitão QOBM Janio

Compartilhar: