CBMPA pretende melhorar os serviços técnicos em 2018
Publicado: 26 de dezembro de 2017 - Hora: 11:28

CBMPA pretende melhorar os serviços técnicos em 2018

Uma das metas para o novo ano é fazer um termo de Cooperação técnica com o National Fire Protection Association (NFPA) que é uma organização global sem fins lucrativos, criada em 1896, dedicada à eliminação de mortes, feridos, propriedades e perda econômica devido a incêndio, elétricos e riscos relacionados. A NFPA fornece informações e conhecimentos através de mais de 300 códigos e padrões de consenso, pesquisas, treinamentos, educação, divulgação e advocacia; e em parceria com outros que compartilham o mesmo interesse a associação da NFPA totaliza mais de 50 mil pessoas ao redor do mundo. 

Durante o 1° Workshop Defesa civil e segurança contra incêndio e emergência, promovido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Pará, um representante do NFPA esteve presente e aproveitou a oportunidade para reunir-se com o Comandante Geral, Coronel Zanelli Nascimento, e com o Subdiretor de Serviços Técnicos, Tenente Coronel Oliveira, onde foi apresentado o modelo do termo de cooperação para análise do CBMPA. 

O CBMPA, para 2018, pretende complementar o Sistema de Gerenciamento de Atividades Técnicas (Sisgat). Os certificados emitidos pelo sistema são no formato digital e como meta para o próximo ano, é colocar também os projetos de combate a incêndio, tornando o sistema 100% digital. 

O Subdiretor de Serviços Técnicos, juntamente com a Diretoria de Telemática e Estatística, Major Luiz Alfredo, responsável pelo sistema, fizeram uma visita técnica ao Corpo de Bombeiros de Minas Gerais para conhecer e trazer as características de seu sistema para o CBMPA. O Tenente Coronel Oliveira explicou sobre as parcerias para 2018.”Estamos fazendo buscas de resultados melhores para o serviço técnico do CBMPA. Essas visitas e reuniões são muito importantes para conhecer novas características. Vamos firmar grandes parcerias para 2018″, o Subdiretor também comentou sobre uma visita ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará (CREA). “Queremos realizar um convênio com o CREA para que o sistema deles possam interagir com o do CBMPA, facilitando o cadastro de imediato dos responsáveis técnicos”, disse o Subdiretor. 

As metas para 2018 visam a melhoria do Corpo de Bombeiros Militar do Pará que irá beneficiar o efetivo e também a sociedade paraense que há 135 anos conta com os serviços do CBMPA. 

Ascom CBMPA

Compartilhar: