Bombeiros Militares participam de iniciativa “Prevenção é Segurança” no portal da Amazônia
Publicado: 12 de julho de 2017 - Hora: 09:11

Bombeiros militares participaram da iniciativa “Prevenção é Segurança” junto aos órgãos que integram o Sistema de Segurança Pública.Com o objetivo de aproximar os moradores e desenvolver atividades de prevenção, o evento foi realizado durante esta sexta-feira, 23, no Portal da Amazônia.

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará estava representado por militares que desenvolvem atividades de prevenção e resgate. Materiais de combate a incêndio, salvamento e altura, viaturas e outros equipamentos ficaram em exposição para todos que alí passavam.

O Sargento Nonato, que faz parte do 2º Grupamento de Busca e Salvamento/GSE, esteve presente durante toda a ação e explicou que a importância do contato com a população. “Muitas pessoas só enxergam os bombeiros em acidentes trágicos, aqui, estamos fazendo o serviço de prevenção, levando informações para a população. Trouxemos materiais de imobilização, bonecos para demonstração, e vários outros equipamentos. Algumas pessoas não possuem entendimento sobre os trabalhos de prevenção por isso ação é extremamente importante” afirmou o sargento.

O evento contou com a apresentação de diversas ações de prevenção desenvolvidas pelos órgãos de Segurança Pública, a exemplo do trabalho do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), sob a organização da Polícia Militar; do Projeto Escola da Vida (PEV), desenvolvido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Pará e o projeto “Papo de Rocha”, de responsabilidade da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) e também de representações sociais.

O Secretário de Segurança Pública, Jeannot Jansen, também esteve presente durante o evento e comentou sobre o objetivo da ação. “Sensibilizar as lideranças comunitárias e os conselhos de segurança da capital e interior para que objetivem uma programação intensa visando a diminuição da violência e criminalidade, atuando principalmente com a juventude para que o infrator de hoje, não se torne um adulto criminoso” explicou o secretário.

Dados comparativos de 2015 e de 2016 relacionados aos procedimentos instaurados de crimes cometidos por menores infratores revelam queda de quase 3% nos registros: de 6.602 para 6.414. Os números são da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) e demonstram a importância das ações de prevenção no combate aos crimes como forma de evitar que os menores de idade se tornem, no futuro, adultos criminosos.

por Eduardo Monteiro

Foto: SEGUP

Compartilhar: