Alunos do 6º Pelotão – Abaetetuba realizam prova prática da disciplina Técnica e Maneabilidade de Salvamento Aquático
Publicado: 18 de maio de 2017 - Hora: 14:33

Alunos do 6º Pelotão – Abaetetuba realizam prova prática da disciplina Técnica e Maneabilidade de Salvamento Aquático

Na última sexta-feira (12), os alunos CFP BM do 6º PELOTÃO (Polo Abaetetuba), realizaram a prova prática para o encerramento da disciplina Técnica e Maneabilidade de Salvamento Aquático (TMAQ) na Praia do Caripi, localizada no município de Barcarena-Pa. A programação foi organizada pela coordenação do curso e contou com a logística e suporte do quartel do 15º GBM ABAETETUBA e do 6º GBM BARCARENA.

A jornada teve início no 6º GBM Barcarena com corrida de aproximadamente 6,6 km em direção à praia do Caripi. Entoando canções com muita vibração, os alunos chegaram ao local onde foi dado prosseguimento à prova prática de salvamento aquático, aliada às instruções de Atendimento Pré-Hospitalar (APH), para a vítima de afogamento. O aluno CFP BM realizava a corrida de 100 m na areia e entrava na água cerca de 200 m em direção à “vítima”, realizando todas as fases do salvamento e finalizando com a aplicação das técnicas de APH.

Para a aluna CFP BM Jayse, as práticas realizadas ao longo do curso são de extrema importância para a preparação dos alunos, visando às diversas situações enfrentadas pelo Bombeiro Militar: “Sem dúvidas o nome aqui é SUPERAÇÃO, todos os dias aprendemos a superar nossos limites e o mais importante, conhecê-los. Tudo é muito desafiador e ao mesmo tempo gratificante por conseguirmos ir além, sabendo que estamos rodeados de pessoas que buscam contribuir a cada dia para o nosso crescimento pessoal e profissional, e que compartilham conosco um pouco de suas experiências”.

Após o término da avaliação prática, o Pelotão foi dividido em duas equipes que foram deslocadas na lancha LEME 06 e no Bote Inflável até a baia, cerca de 2km da margem da praia, para treino de resistência através da flutuação, seguida pela natação em direção à margem novamente, com duração aproximadamente de 2h00min.

Para o instrutor da disciplina, o 1º Tenente QOABM ROSELITO: “O objetivo da instrução, era colocar os alunos o mais próximo do real no que diz respeito a uma situação de acidente no mar, para que eles pudessem sentir a dificuldade das adversidades provocadas pela natureza e como o bombeiro com a técnica necessária aliada a um bom condicionamento físico, coragem e determinação, pode sim realizar um salvamento eficiente. Foi exatamente o que aconteceu, pois todos os alunos realizaram o treinamento de forma satisfatória, comprovando que absorveram todos os conhecimentos repassados”.

6º Pelotão/Abaetetuba

Compartilhar: