1º SBM/INFRAERO reativa o sistema de captação de águas pluviais
Publicado: 10 de julho de 2017 - Hora: 14:54

1º SBM/INFRAERO reativa o sistema de captação de águas pluviais

O Corpo de Bombeiros do Pará preocupado com a conservação do meio ambiente reativou na manhã da última sexta – feira, dia 09 de junho, o sistema de captação de águas pluviais para o reabastecimento interno das viaturas Operacionais de Combate a Incêndio em Aeronaves no quartel do 1º SBM/INFRAERO.

O sistema é alimentado pelo Aeroporto Internacional de Val-de-Cans, através da captação das águas da chuva pelas coberturas das garagens das viaturas (com área de 465,80 m²) e do prédio administrativo (com área de 712,08 m²), sendo esta água encaminhada pelas calhas dos telhados e tubulações até os dois reservatórios ao nível do solo, de 20 m³ cada, onde ficarão armazenadas. Após a decantação de materiais sólidos e realizada a medição do PH(próximo ao PH neutro que é de 7) dessa água, a mesma já está pronta para reutilização nas Viaturas Operacionais.

Para o Comandante da Unidade, Major QOBM Thiago, “Esse sistema de captação de águas pluviais para o abastecimento das viaturas é de extrema importância, pois conseguimos reutilizar uma água que seria totalmente desperdiçada e assim contribuir com a preservação do meio ambiente”.

Somente no teste diário de prontidão das viaturas conforme normas do CBMPA e da própria INFRAERO, são consumidos diariamente cerca de 2000 litros de água por cada viatura.

Atualmente, o quartel da 1º SBM/INFRAERO, conta com uma frota de 01 Viatura de Salvamento e Resgate, 04 viaturas SUPER IMPACT de capacidade de 11.000 litros de água cada, todas de alto padrão tecnológico possuindo canhões monitores de jato com longo alcance para conseguir debelar possíveis sinistros que vierem a ocorrer oferecendo com total segurança para os Bombeiros do Aeroporto. Além da água, essas viaturas também são equipadas com outros agentes extintores como Pó Químico e o Líquido Gerador de Espuma (LGE).

Segundo a Gerência de Segurança da INFRAERO, a reativação do sistema de captação de águas pluviais, vai evitar o desperdício de água tratada fornecida pela COSANPA no abastecimento dos Carros Contra Incêndio do Aeroporto Internacional e proporcionará uma redução significativa de despesas na fatura de água.

 

Texto e Fotos: CAP QOBM Janio

SubComandante da 1º SBM/INFRAERO

Compartilhar: