Praias no distrito de Outeiro lotam neste 3° final de semana de julho
Publicado: 22 de julho de 2019 - Hora: 07:39

Praias no distrito de Outeiro lotam neste 3° final de semana de julho

 

 

 

As praias da ilha de Caratateua, localizado no Distrito de Outeiro, receberam aproximadamente 40 mil pessoas neste 3º final de semana do verão 2019. As 5 praias mais frequentadas são: Do Amor, praia Grande, Barro Branco, Brasília e paraíso. Neste período do ano, elas ficam lotadas de veranistas que disputam os espaços juntamente com barracas e vendedores. O Corpo de Bombeiros Militar disponibilizou 70 guarda-vidas vigilantes em todos movimentos dos banhistas, visto que várias crianças brincavam e se divertiam aproveitando o mês das férias escolares. Com o movimento de preamar no horário de aproximadamente às 14hs, era grande a preocupação dos Bombeiros, visto que os espaços na areia diminuem, fazendo com que a atenção fosse redobrada para evitar possíveis ocorrências em toda a extensão da praia. Órgãos integrados da Segurança Pública do Estado atuaram nas mais diversas funções na praia de outeiro. Policia Militar, CBMPA, Defesa Civil Estadual e Municipal, além da Guarda Municipal na prevenção e até mesmo o recolhimento de linhas enceradas pois com o grande movimento de pessoas o perigo de acidentes com este tipo de linhas era eminente. Um dos serviços mais procurado foi o de identificação de crianças com as pulseirinhas, no entanto mesmo com todo os serviços de prevenção, muitos pais perderam seus filhos no dia de hoje e o reencontro seguia nas barracas dos bombeiros; sejam crianças sem identificação ou até mesmo identificadas com as pulseiras. Outros atendimentos também foram registrados como: cortes, mau súbitos devido a alta temperatura, e também uma ocorrência de engasgamento bem na frente da barraca dos Bombeiros, onde o Cabo Brito juntamente com o Cadete Samuel perceberam que a Senhora Alessandra Rosa, de 32 anos, estava com dificuldades de respiração e logo atenderam e executaram a  manobra de Heimlich, uma técnica de primeiros socorros utilizada em casos de emergência por asfixia, provocada por um pedaço de comida ou qualquer tipo de corpo estranho que fique entalado nas vias respiratórias, impedindo a pessoa de respirar. Fato este observado pelos Bombeiros que evitaram uma fatalidade. O  Capitão Sandro coordenava os atendimentos na barraca, visto que a todo momento os atendimentos, orientações e ações eram feitas aos frequentadores. Por todo o dia de hoje não foram relatadas ou anotadas ocorrências de maior gravidade visto que foi o maior público do mês de julho das férias escolares. Com o apoio de duas barracas montadas, uma na praia grande e outra na praia do amor, além de duas viaturas de resgates em pontos estratégicos da ilha, viaturas de pessoal de serviço e botes infláveis davam apoio a possíveis deslocamentos aos Bombeiros.

 

ASCOM CBMPA