PÁSCOA DOS MILITARES 2018
Publicado: 30 de outubro de 2018 - Hora: 08:58

Na manhã desta sexta-feira,  dia 26 de Outubro, o Corpo de Bombeiros Militar do Pará participou da tradicional Páscoa dos Militares. E contou com integrantes da Marinha, Exército e das Forças Auxiliares (Polícia Militar e Guarda Municipal).
A páscoa dos militares pode ser celebrada fora do período, porque no período da 2ª Guerra Mundial, os militares que estavam em combate não puderam comemorar a páscoa. Por isso foi instituído para os militares uma páscoa que pudesse se celebrada em qualquer momento durante o ano.
Previsto no calendário oficial das Forças Armadas, o evento é realizado fora de época, fazendo alusão aos militares que, no período da Páscoa, estavam envolvidos em missões longe de casa ou escalados para serviços e, por isso, não puderam participar das celebrações religiosas. A finalidade é realizar o congraçamento da Família Militar Cristã e proporcionar o fortalecimento da fé entre os militares.
Vale ressaltar que a data foi rememorada com três eventos simultâneos: cerimônias católica, evangélica e espírita, a fim de atender a todo o efetivo quanto às possibilidades de culto e crença. O significado é o mesmo do calendário cristão, a reflexão sobre a ressurreição de Jesus Cristo.
Na cerimônia Espírita participaram do evento cerca de 150 pessoas, entre militares e familiares. A programação teve início às 10h:00 da manhã e foi presidida pela diligência do Palestrante Espírita Capitão do EB Silva Lopes da Reserva Remunerada ( Comando Militar do Norte ), e com o auxílio da Tenente Gabriela puderam dar o prosseguimento na reunião. (CMN).
O Culto Espírita começou com a mensagem de apoio e oração inicial liderada pela Tenente Érica (CMN), e em seguida com a palavra central ministrada pelo Cap. Silva Lopes que tratava sobre o tema suicídio.
Na presença das Autoridades das três Forças Armadas, o palestrante enfatizou a importância da data e do papel dos militares no país. Além disso, o mesmo também debateu alguns trechos do Livro Memórias de um suicida, e falou da influência que os seres humanos tem na vida das pessoas para os aconselharem e fazerem o bem ao próximo, tendo por finalidade  assim evitar que muitos suicídios aconteçam.
 
Páscoa dos Militares no segmento Evangélico
O culto foi reaelizado na Primeira Igreja Batista do Pará (PIP) e a ministração da palavra foi feita pelo Capelão da Aeronáutica, Claúdio Brito, que pregou sobre a importância de se comemorar a páscoa para além da troca de chocolates e coelhinho da páscoa.  Lembrando a  simbologia do pão e do vinho que representam o corpo e o sangue de Jesus, que foi entregue como sacrifício vivo para remissão dos pecados da humanidade.
A cerimônia contou com um momento de oração pelos militares e pelas famílias paraenses. Após a distribuição da ceia, foi realizado um momento de louvor com o Coral da Capela Evangélica da Aeronáutica com a participação de militares de outras forças. E no final do culto os militares foram presenteados com uma bíblia personalizada.
Páscoa dos Militares no segmento Católico
A Missa foi celebrada no Santuário Basílica Nossa Senhora de Nazaré, em Belém, e a partir desta cerimônia.  A missa contou com a presença do Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Coronel BM Zanelli, Oficiais, Militares e Civis que puderam participar.
Texto: Carla Renata Cruz e Mônica Alexandra Assunção.
Fotos: SGT. Carlos, Carla Renata Cruz e Mônica Alexandra Assunção.