Corpo de Bombeiros intensifica alertas para queimadas em período de Verão Amazônico
Publicado: 21 de agosto de 2019 - Hora: 10:55

Corpo de Bombeiros intensifica alertas para queimadas em período de Verão Amazônico

 

Com a chegada do mês de agosto, o Corpo de Bombeiros Militar do Pará intensifica os alertas de prevenção para o período de maior índice de fogo em vegetação. A união do tempo seco, com a ação humana, são as principais causas dos incêndios florestais registrados no Estado.

Dados do Grupamento Bombeiros Militar de Santarém mostram que em 2018, das 483 ocorrências de incêndios atendidas, 281 foram incêndios em áreas de vegetação, com o início em agosto e ápice em outubro, chegando a 135 ocorrências atendidas somente nesse mês. 

Até a primeira semana de agosto de 2019, já foram registradas 40 ocorrências referentes a incêndio em vegetação, 23 a mais do que ano passado, neste mesmo período.

“Segundo a Defesa Civil, o efeito “El Niño” irá acontecer este ano, intensificando o verão, então não se pode contar com chuvas, resultando em um verão mais rigoroso, e consequentemente, teremos mais focos de queimadas, considerando também a falta de contribuição da população, que ainda cultiva a cultura das queimadas”, destacou o Bombeiro Militar especialista em incêndio florestal, Cabo Júlio Galúcio.

El Niño é o fenômeno resultante do aquecimento anormal das águas do Pacífico na costa litorânea do Peru, onde geralmente as águas são frias. Tal fenômeno produz algumas massas de ar quentes e úmidas, que geram algumas chuvas na região de entorno com a diminuição do regime de chuvas em outras localidades, tais como a Amazônia, o Nordeste brasileiro, a Austrália, Indonésia e outras. O que caracteriza aumento da temperatura em épocas de queimadas.

“Nós precisamos, mais do que nunca, trabalhar a prevenção, temos algumas programações relacionadas a cursos pra cá, como a implantação da brigada de Incêndio de Alter do Chão, com voluntários, temos também programado um curso na Base Xingu, em Moraes de Almeida, para os Militares do Exército. Então levamos esses conhecimentos para que as pessoas estejam preparadas para nos auxiliar, especialmente nestes pequenos focos de incêndio, causando menos danos para  a natureza, e consequentemente às pessoas.” concluiu.

As expectativas para este ano, baseadas nestes registros, é de que o Estado do Pará tenha um verão intenso, assim, o Corpo de Bombeiros intensifica as orientações e pede a ajuda da população para amenizar esta condição.

 

*Dicas e orientações:

  • Caso seja necessária a utilização do fogo, a autorização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Santarém (SEMMA) é INDISPENSÁVEL.
  • Ao limpar o quintal, junte as folhas e galhos separadamente para enviar na coleta de lixo semanal. Queimar lixo é crime, passível de multa.
  • Não jogar lixo em terrenos baldios. Até uma simples garrafa de vidro, em contato com a luz do sol, pode causar um incêndio. 
  • Não jogar bituca de cigarro no chão.
  • Nos casos de utilização de fogueira ou churrasqueira de chão, é essencial que seja feita a limpeza do local e em volta, evitando contato com outros materiais. Ao final, é importante apagar o fogo completamente.

 

ASCOM CBMPA