Corpo de Bombeiros apresenta o Balanço Geral da Operação Verão 2019
Publicado: 9 de agosto de 2019 - Hora: 16:14

Corpo de Bombeiros apresenta o Balanço Geral da Operação Verão 2019

 

No período de 28 de junho a 5 de agosto, o Corpo de Bombeiros Militar do Pará  e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil participaram da Operação Verão 2019, que foi realizada em conjunto com órgãos da Segurança Pública do Estado do Pará. 

Histórico

No mês de maio, o CBMPA iniciou os preparativos através das Unidades Operacionais da capital e do interior do Estado, realizando o Teste de Proficiência, objetivando tanto a preparação para a operação, quanto o reforço da saúde física e mental dos profissionais de segurança pública, como natação 50 metros, salvamento com equipamento (tubo de resgate), salvamento simples e aquathlon. No dia 5 de junho, aconteceu uma reunião no Grupamento Marítimo Fluvial (GMAF) com o Comando Operacional. O encontro teve o objetivo de reunir os comandantes dos principais balneários, praias e pontos de prevenção contemplados na Operação Veraneio 2019, tendo como foco informá-los para que eles pudessem estar adotando providências antecipadas atinentes aos seus locais, nos quais os mesmos foram responsáveis pelas suas prevenções, tendo a iniciativa de adotarem as medidas que foram essenciais para o desenvolvimento da operação. Ainda em junho, o Comando Operacional iniciou no dia 27 a distribuição dos materiais individuais para a capital e região metropolitana, que foram utilizados na Operação, já os grupamentos do interior a distribuição foi coletiva e via malote no período de 01 a 03 de julho. Este ano, os kits foram compostos por camisa de guarda-vidas, short (masculino), bermuda (feminino), calça (pilotos do jet ski), gorro, apito e protetor solar e labial.

Na sexta-feira (28), o Corpo de Bombeiros recebeu os órgãos integrados da Segurança Pública para a coletiva de imprensa da Operação Verão na Paz 2019, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). Com o tema “Verão com segurança – Mergulhe nessa ideia”, a coletiva teve como objetivo informar à imprensa e demais autoridades locais e militares sobre a atuação de prevenção nas 126 localidades do Estado, para que a população aproveitasse o verão de forma tranquila, segura e sem incidentes. O Programa Escola da Vida também participou da Operação, com orientações de prevenção e auxílio aos banhistas, orientações estas que os mesmos aprendem em toda a trajetória no programa.

Prevenção e Auxílio: O Corpo de Bombeiros do Militar do Pará (CBMPA) utilizou durante a Operação Verão 2019 o aplicativo “Praia Segura”, composto por serviços distribuídos em: “Cadê Minha Criança”, “Dicas de Segurança”, “Tábua de Marés”, “Clima Tempo” que auxiliou na prevenção nesse período de veraneio. A atuação da Defesa Civil Estadual-CEDEC para os banhistas, foi o alerta quanto a importância do uso das pulseirinhas de identificação nas crianças, onde contém o contato dos pais para acelerar o reencontro caso haja um desaparecimento, sendo uma atuação fundamental para massificar a segurança nas praias e balneários, uma vez que este serviço já é conhecido e procurado pelos responsáveis e pelas próprias crianças.

Balanço: Durante a Operação Verão 2019, foram realizadas 7.089 ocorrências, orientações e advertências. O total de militares empenhados foi de 797. Os municípios cobertos por guarda-vidas foram 45. O CBMPA disponibilizou 42 militares especializados distribuídos em pontos estratégicos durante a Operação. 

Quadro de afogamentos fatais na Operação: 14 (2019), 14 (2018), 16 (2017), 19 (2016), o que se indica a diminuição de óbitos nos anos mais recentes.

Faixa etária de afogamentos: de 12 a 15 anos tiveram um índice de 22%, o maior quadro registrado. Depois vem de 8 a 11 anos, 4 a 7 anos e crianças até 3 anos. Todos com altos índices de afogamentos.

Dentre as ocorrências estão: acidentes com animais marinhos (341 – 2019) (434 – 2018) uma diminuição de 27%, crianças localizadas (308 – 2019) (336 – 2018) diminuição de 8%, intervenção de princípios de afogamentos (156 – 2019) (110 – 2018) um aumento de 70,5%. As praias que registraram mais atendimentos foram Outeiro, seguida de Salinópolis, Mosqueiro, Marudá e praias de Abaetetuba. As lesões causadas por linhas enceradas de pipas foram expressivas, enquanto em 2018 foi constatado apenas 9 acidentes. Neste ano, os casos desse tipo saltaram para 30. Houve um aumento de 233% no número de atendimentos gerais no comparativo de 2018. A Operação Estrada teve o objetivo de intensificar as fiscalizações, além da guarda preventiva e ostensiva.

Animais marinhos:

Também neste verão, os bombeiros observaram uma diminuição de 21% nos incidentes envolvendo animais marinhos. Foram 341 casos, a diminuição está relacionada a fatores biológicos, como correntes marinhas, temperatura da água, e principalmente prevenção por parte do CBMPA.

Crianças perdidas:

Nesta temporada, foram registrados 308 atendimentos de crianças que haviam se perdido de seus responsáveis. Em relação ao ano passado, os Bombeiros haviam localizado 336 crianças perdidas, uma diminuição de 8%. 

 

ASCOM CBMPA