CBMPA participa do Movimento Maio Amarelo
Publicado: 8 de Maio de 2018 - Hora: 11:33

CBMPA participa do Movimento Maio Amarelo

Em alusão ao movimento Maio Amarelo, que tem por objetivo chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Com o mote “Trânsito é feito de gente. E a gente merece respeito”, e com o slogan “Nós Somos o Trânsito”, e com mais de 15 atividades educativas distintas em diversos segmentos e públicos relacionados ao tema e de serviço à população, em uma iniciativa que une a Prefeitura de Belém à sociedade civil.

A programação iniciou na quarta-feira, 02, com a campanha “Transporte Público: Um Direito de Todo Autista”, de conscientização dos direitos dos autistas no uso do transporte público de Belém e na orientação para as regras de convivência com o passageiro que tem necessidades específicas no convívio em sociedade.

Hoje, 07, pela manhã, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) promoveu o “Encontro Interinstitucional de Gestores” para discutir e fazer propostas para a redução do número de acidentes de trânsito em Belém. Apresentando dados qualificados dos acidentes de trânsito em Belém no ano de 2016 e do primeiro semestre de 2017, o georreferenciamento desses acidentes entre outros dados que servem de base para a análise e construção de políticas públicas sobre o tema, envolvendo Sesma, SeMOB, Sespa, Detran, Corpo de Bombeiros, Instituto Médico Legal, Ordem dos Advogados do Brasil, Conselho Municipal de Saúde e Ministério da Saúde. O evento foi realizado no auditório do Comando Geral do Corpo de Bombeiros.

O major Pablo Cruz ministrou a palestra sobre georreferenciamento dos acidentes de trânsito de Belém e explica que “o CBMPA faz parte da equipe interinstitucional na gestão de dados, fornecendo o atendimento às vítimas para que sejam unificados após o atendimento do SAMU e outros órgãos, e com isso conseguimos padronizar para evitar redundâncias nos dados. A aplicação desse estudo é para entender onde está ocorrendo os acidentes, o perfil da vítima e dar a maior precisão na prevenção, semaforização, mapeamento de áreas, os radares, sinalização de vias, então todo esse trabalho em conjunto é fruto da prevenção de acidentes”, explicou.

Confira a programação completa aqui.