BOMBEIROS INICIAM OPERAÇÃO REVEILLON NO DISTRITO DE MOSQUEIRO
Publicado: 30 de dezembro de 2018 - Hora: 17:07

BOMBEIROS INICIAM OPERAÇÃO REVEILLON NO DISTRITO DE MOSQUEIRO

 

 

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará, iniciou neste sábado, dia 29, a Operação Reveillon 2018, no distrito de Mosqueiro,  com poucos banhistas presentes e muita tranquilidade ao redor.

Os Bombeiros irão reforçar o trabalho preventivo nas praias e proteção nos balneários com a presença de guarda-vidas em Icoaraci, Outeiro, Cotijuba, Mosqueiro,  Marudá, Crispim, Algodoal, Camará e Barreira de Santa Mª do Pará, Trevo de Curuçá e Marapanim, Soure, Salvaterra, São João de Pirabas, Nova Timboteua, Barreiras de Santa Luzia do Pará e Salinópolis.

A Operação Réveillon trabalhará com o efetivo de 224 militares empenhados para garantir a prevenção e segurança da população paraense. Os bombeiros atuarão também com serviços de prevenção contra incêndio, controle de pânico e atendimentos de socorro de urgência e emergência, trabalho realizado diariamente pelos militares e que irão reforçar por ocasião das festas de Ano Novo.

Em entrevista, o Comandante de Mosqueiro, Capitão Monteiro disse  que o efetivo local, vem trabalhando desde o dia 22,  até o dia 01 de janeiro, em Mosqueiro,  e esta recebendo apoio de Belém durante toda essa temporada de trabalho.

Até o mês de dezembro, o Corpo de Bombeiros do Pará já atendeu mais de 60.638 ocorrências no estado, sendo 4.739 incêndios, 946 salvamentos, 34.180 ações de prevenção e Atendimento Pré-Hospitalar 20.773 somente no ano de 2018. De 111 municípios do Estado, Belém, Ananindeua, Castanhal e Santarém foram os que mais registraram ocorrências neste ano, até o corrente mês.

De acordo com comandante  de prevenção da Operação Reveillon em Mosqueiro, Capitão BM Augusto Cesar ”O serviço está muito tranquilo, o efetivo aumentará nesta segunda feira, pois fica  próximo a virada de ano. No entanto salientamos que aqui em Mosqueiro, a operação vai durar até o dia 01 de janeiro.  No total temos 10 praias cobertas, 05 viaturas para atender as ocorrências, 16 militares locais e 26 militares de reforço.

O CBMPA enfatiza que é necessário seguir as dicas de segurança para garantir tranquilidade e aproveitar as festividades de forma segura.

Algumas dicas para garantir a sua segurança em praias e balneários:

– Não superestime sua capacidade de nadar. Avalie as consequências de um possível incidente. É importante você tomar banho em locais rasos e sem correnteza.

– Não tente salvar pessoas vítimas de afogamento sem estar habilitado. Neste caso, lance algum objeto que ajude a vítima a flutuar e acione guarda-vidas ou a emergência pelo telefone 193. Evite tentar pegar objetos como bolas ou pipas que estejam sendo levados pela correnteza e fora do seu alcance.

– Se notar que está sendo arrastado por uma dessas correntes, mantenha-se calmo e tente acenar ou gritar por socorro enquanto nada transversalmente (para o lado, em vez de para o raso).

– Evite se aproximar de costões. Ao caminhar sobre as pedras destes ambientes, observe antes se uma onda não poderá atingi-lo e jogá-lo no mar.

– Se você é pai não faça uso de bebidas alcoólicas, crianças exigem cuidado redobrado. Não as perca de vista. Nunca nade após ingerir bebidas alcoólicas, alimentos ou se estiver passando mal ou com frio.

Veja alguns cuidados básicos sobre uso de fogos de artifícios recomendados pelo Corpo de Bombeiros:

– No que diz respeito ao manuseio, recomenda-se que o comprador leia as instruções presentes na embalagem do produto, pois cada tipo de fogo de artifício requer um manuseio diferenciado, que deve ser informado pelo próprio fabricante;

– De forma alguma use/solte o rojão com as mãos. Utilize o suporte de apoio que deve vir acompanhado do foguete na mesma embalagem. Certifique-se de que o rojão está bem fixo na base para que não haja risco dele cair e provocar um grave acidente;

– Não solte fogos de nenhuma espécie em ambientes fechados, embaixo de árvores, fiações elétricas ou perto de animais;

– De maneira alguma permita que crianças soltem quaisquer tipos de fogos, seja sob a supervisão ou não de um adulto.

ASCOM CBMPA

Texto: Monica Alexandra Assunção

Fotos Sargento Carlos