BANHISTAS LOTAM AS PRAIAS ÀS MARGENS DO RIO TOCANTINS À JUSANTE DA HIDRELÉTRICA DE TUCURUÍ
Publicado: 30 de julho de 2021 - Hora: 18:59

BANHISTAS LOTAM AS PRAIAS ÀS MARGENS DO RIO TOCANTINS À JUSANTE DA HIDRELÉTRICA DE TUCURUÍ

Conhecido por abrigar a maior usina hidrelétrica totalmente brasileira e a quarta do mundo, a Usina Hidrelétrica Tucuruí, construída e operada desde 1984 pela Eletronorte, o município homônimo à hidrelétrica recebeu no último domingo (25) um grande fluxo de banhistas, que aproveitaram o sol forte para se refrescarem nas águas do Rio Tocantins. O Corpo de Bombeiros Militar do Pará e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, através do 8º Grupamento Bombeiro Militar (8⁰ GBM/Tucuruí) – que atua nos municípios de Tucuruí, Breu Branco, Novo Repartimento e Pacajá – realizou a prevenção balneária nas praias ao longo das margens do Rio Tocantins, à jusante da Hidrelétrica Tucuruí, um dos destinos mais procurados pelos veranistas. Nesta Operação a Corporação está atuando no município de Abreu Branco, em três praias: a do Queiroz Galvão, do Alemão e a do Meio, como informou o 2º Tenente Mateus, Comandante da prevenção na praia de Queiroz Galvão: “estamos atuando com um efetivo de aproximadamente 16 militares, duas embarcações e duas viaturas de apoio. Como esperado o fluxo de banhistas ainda está reduzido em virtude da pandemia, porém com a flexibilidade do decreto governamental que libera a área de banho o fluxo de pessoas aumentou consideravelmente, comparado com o ano passado”.

Orientação e prevenção foram o forte durante o fim de semana – Considerando o período do veraneio, os Guarda-vidas orientam o público quanto aos riscos peculiares à região à jusante da usina hidrelétrica; a beleza do local pode causar acidentes caso as orientações dos militares não sejam respeitadas. “Sempre que chegar a um balneário procure a orientação do Guarda-vidas quanto à área de banho no rio Tocantins. Temos as características da barragem qua são abertas em determinado período gerando correnteza, de pedras no leito do rio, tivemos muitos registros de ataques de animais aquáticos, quanto a
às crianças estamos fazendo a identificação com pulseiras para facilitar a busca dos responsáveis caso as mesmas se percam”, reforçou o tenente.

Na praia do meio ou do bola, que atualmente é a mais frequentada de Breu Branco, o alerta se dá com os riscos das valas formadas no rio, conforme explicou o 2º Tenente Ocival, Comandante da prevenção: “Sempre recomendamos aos banhistas terem muita prudência ao se deslocarem até esta praia, desde a travessia com o uso de coletes salva-vidas, evitando superlotação. Estamos com aproximadamente cinco militares em uma área com cerca 1 quilômetro. Além de ser uma praia plana a característica é a existência de valões formados pelas embarcações que podem causar acidentes”.

ASCOM CBMPA

Skip to content