4º GBM realiza instrução de atendimento pré-hospitalar para militares do 8º BEC
Publicado: 28 de Maio de 2018 - Hora: 11:50

4º GBM realiza instrução de atendimento pré-hospitalar para militares do 8º BEC

 

De 21 a 25 deste mês, o 4º Grupamento de Bombeiros Militar (4º GBM), realizou um Curso Preparatório de Atendimento Pré-hospitalar (APH), para o efetivo de militares lotados na seção de saúde do 8º Batalhão de Engenharia de Construção (8º BEC), em Santarém.

O atendimento pré-hospitalar consiste na atuação emergencial de médicos, enfermeiros ou socorristas e é destinado a todo cidadão, vítima de distúrbios neurológicos, cardíacos, psiquiátricos, ou traumáticos, como acidentes automobilísticos, quedas e agressões, visando estabilização clínica e deslocamento para uma unidade hospitalar adequada.

As instruções foram ministradas pelo 1º Sargento BM Mota e Cabo BM Angélica, socorristas e atuantes na seção de Saúde do 4º GBM. Pelo menos 12 militares do 8º BEC participaram da instrução, composta por aulas teóricas e práticas, sobre imobilizações, reanimação cardio pulmonar, desobstrução de vias aéreas, retirada de capacete e transporte até viatura, dentre outras técnicas, sendo reforçadas as particularidades de cada procedimento.

“Estes militares serão destacados para Unidades Avançadas, neste caso, no trecho onde o Exército está desenvolvendo obras, ou seja, onde existem possibilidades de acidentes, tanto de trabalho quanto na própria via, com militares ou civis. Então, o objetivo do treinamento é deixar os militares em melhores condições de desenvolver esse atendimento pré-hospitalar, suporte básico de vidas, estabilização de vítima de acidente, e conduzir até o ponto de apoio hospitalar mais próximo.”, afirmou o 1º Sargento BM Mota.

No último dia de curso (25), aconteceu uma avaliação com simulação prática de acidente de trânsito, onde os militares foram divididos em equipes, a fim de demonstrar os procedimentos adquiridos e sanar qualquer duvida referente à ação.

De acordo com o Sargento BM Mota, a avaliação foi considerada satisfatória, devido à facilidade de compreensão e grande interesse em aprender.

“Há muito interesse em se aperfeiçoar, dessa forma nós tivemos um nível de aprendizado satisfatório, e com a nota da avaliação, que é direcionada a eles, pudemos ter uma noção do que pode ser melhorado, tendo em vista também a limitação de tempo. Certamente irão desenvolver um bom trabalho.”, ressaltou.

 

Texto e fotos: Ascom 4º GBM
Edição: Ascom CBMPA