INICIA O PRIMEIRO ESTÁGIO DE OPERADOR DE AERONAVE REMOTAMENTE

 

Nesta terça-feira (17/09) houve o inicio do primeiro estágio de Operador de aeronave remotamente pilotadas voltadas para ações de Defesa Civil, o estágio tem como principal finalidade e objetivo aperfeiçoar e capacitar profissionais do Corpo de Bombeiros bem como outras instituições parceiras a operar drones visando reconhecimento e monitoramento de áreas afins de acordo com cada instituição. Neste estágio terá uma visão geral do equipamento tem como regras e legislação atinentes que são emanadas pela Força Aérea Brasileira. Finalizando o estágio haverá a aula prática no qual os alunos manusearam o equipamento  por conta própria e estarão habilitados a operar de forma autônoma independente o equipamento.
“Além disso o drone serve como diminuição de custos para determinados fins como monitoramento e levantamento de área, que anteriormente fazia-se com aeronaves, helicópteros, então observa-se a diminuição de custos” afirmou o CAP BM Bruno Freitas, Chefe da Divisão de Operações.
O estágio está sendo ministrados pelo CAB BM Camilo e CB BM Leonardo