Defesa Civil Estadual fecha de forma positiva a Operação Verão Seguro na Paz 2019

A Operação Verão na Paz 2019 foi fechada pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil abrangendo os principais locais procurados pelos veranistas durante as férias escolares. A atuação da Cedec foi além da orientação às pessoas nas praias, pois a identificação das crianças com o uso das pulseiras de identificação, um serviço já conhecido e procurado pelos pais e até pelas crianças, foi fundamental para massificar a segurança nas prais. A fácil identificação da criança perdida com o nome e telefone do responsável, acelerava o reencontro entre criança e responsáveis. Um dos aspectos importante também, foi a parceria com o Ministério Público do Estado do Pará durante a companha contra o uso do cerol e da linha chilena, nas praias do município de Belém. Nas outras praias cobertas pela Defesa Civil Estadual, a parceria com as secretarias municipais e os órgãos da segurança pública promoveram um verão mais seguro para quem procurou estes locais para se divertir.

  • ABAETETUBA/BARCARENA

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil esteve nas praias do Caripi (Barcarena) e Beja (Abaetetuba) neste domingo (28/07) realizando o serviço preventivo e de orientação aos banhistas que chegavam em ônibus de excursões vindos de vários municípios, como Moju, Tailândia, Abaetetuba, Acará, Igarapé-Miri e Ananindeua, dentre outros. Houve uma grande quantidade de crianças na praia, com isso a distribuição de pulseirinhas para identificá-las foi fundamental para massificar a segurança dos pequenos durante o banho. A ação preventiva se estendeu às duas praias, Caripi e Beja.

  • MOSQUEIRO

Os técnicos da Defesa Civil Estadual continuaram as ações preventivas no distrito de Mosqueiro neste sábado (27/07) fazendo entrega panfletos, em uma ação promovida pelo Ministério Público do Estado do Pará, na Operação Corta e Apara “Usar cerol e linha chilena é crime!”. A distribuição dos panfletos visou conscientizar os banhistas sobre os riscos inerentes ao uso de linhas com cerol ao empinar as pipas na praia e nas ruas próximas a orla. Além deste serviço, as crianças foram identificadas com as pulseirinhas, já conhecidas pelos pais e até pelas crianças que frequentam as praias. O serviço de identificação das crianças já é procurado pelos pais, que se dirigem à barraca do Corpo de Bombeiros e procuram os guarda-vidas e os Técnicos da Cedec em buscando desta identificação.

  • SALINÓPOLIS

Neste domingo (27), o Corpo de Bombeiros Militar do Pará e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) atuaram na prevenção das praias de Salinópolis com guarda-vidas nas praias do Atalaia, Corvina, Maçarico, Farol Velho e ainda no município de Pirabas. O serviço começou ainda de madrugada, por volta das 04 horas da manhã, quando equipes da Defesa Civil se empenharam em orientar e distribuir pulseiras de identificação para as crianças que chegavam à praia em ônibus de piqueniques, pois foi registrado um grande fluxo de automóveis tanto no estacionamento oficial da praia do Atalaia quanto nas ruas próximas ao lago da Coca-Cola.

  • OUTEIRO

As praias da Ilha de Caratateua que está localizada no distrito de Outeiro receberam aproximadamente 40 mil pessoas neste terceiro final de semana do verão 2019, as cinco praias mais frequentadas foram do: Praia do Amor, Praia Grande, Barro Branco, Brasilia e Paraíso, neste período do ano elas ficam lotadas de veranistas que disputam os espaços juntamente com barracas e vendedores. A preocupação dos bombeiros deu-se porque os espaços na areia diminuem fazendo com que a atenção fosse redobrada para evitar possíveis ocorrências em toda a praia. Um dos serviços mais procurados foi de identificação de crianças com as pulseirinhas, assim com todos os serviços de prevenção muitos pais perderam seus filhos, e o reencontro seguia na barraca dos bombeiros, sejam criança sem identificação e até mesmo identificadas com as pulseiras, e outros atendimentos foram registrados como: cortes, mal súbitos pela alta temperatura e uma ocorrência de engasgamento.