CBMPA ADERE A GESTÃO DOCUMENTAL PARA O USO DE PAPÉIS E O DESCARTE SUSTENTÁVEL   

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil constituiu uma comissão com Oficiais BM, para implantação da política de gestão documental na corporação, que visará a diminuição da utilização de papéis para documentos internos, a fim de evitar o grande uso e o seu descarte desnecessário no meio ambiente. Essa é mais uma inovação que o Comando do CBMPA está executando para melhorias na corporação, e assim oferecer um bom serviço ao seu efetivo e consequentemente à sociedade paraense.

Na última quinta-feira (21), aconteceu a primeira reunião, no Comando Geral do CBMPA, em que definiram-se as Unidades Geradoras, onde serão feitas as pesquisas para entender a natureza dos documentos que cada setor produz, como também os três Grupos de Execução, que irão atuar nesse projeto, em que cada equipe ficou com seis Unidades Geradoras. A partir de então, após ser feito todo o levantamento do uso de documentos nos setores, será realizada uma palestra com um especialista técnico em arquivo público para esclarecer aos militares sobre os instrumentos da gestão documental, como é executado e identificado dentro da instituição. Com isso, cada membro da comissão irá saber como trilhar o caminho para alcançar o objetivo do projeto e o CBMPA avançar nestas inovações, tendo em destaque a questão da sustentabilidade com a destinação adequada desses resíduos.

“Com esse projeto nós iremos também fazer parte, como os demais órgãos, desta inovação na gestão pública e isso será de grande benefício para cada setor que compõe o CBMPA”, disse o Coronel BM Benjó, presidente da comissão organizadora.

ASCOM CBMPA