CFAE – Centro de Formação Aperfeiçoamento e Especialização

Histórico da unidade

 

A trajetória histórica do Centro de Formação Aperfeiçoamento e Especialização (CFAE), tem suas raízes desde o dia 10 de novembro de 1987 quando o Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Pará (CBPM), estabeleceu uma guarda permanente no local denominado de Praça de Esportes do Conjunto Cidade Nova VII.

MENEZES, José no livro denominado “O Corpo de Bombeiros no Pará”, cita que o Centro de Formação Aperfeiçoamento e Especialização (CFAE), foi criado no dia 10 de março de 1988. Entretanto, nos boletins da corporação, que foram utilizados como instrumento da presente pesquisa, não foi encontrado por este pesquisador nenhuma referência a essa data (10MAR88). Sabemos sim, que no local funcionava uma guarda diária comandada por um Cabo, para guarnecer o local, e entre o período de 87 a 89, foram feitas adaptações e reformas na área, já construída, para que servisse de Quartel de Bombeiros.

No Boletim nº 045, CCB de 16 de junho d e1989, foi realizada a transferência da carga do 1º G1 para o Posto de Bombeiros da Cidade Nova VII, viatura TOYOTA com todos os seus acessórios. Mas foi a partir do dia 20 de novembro do referido ano (89), que houve a ativação da operacionalização do Posto de Bombeiros da Cidade Nova VII, passando a ter como comandante o Cap Marcos Aurélio Aquino Lopes (Hoje Cel BM MARCOS), um efetivo e as seguintes viaturas: ABI 05, ABS-05 e a carga existente.

No dia 02 de Abril de 1990, começou a funcionar no Centro de Formação Aperfeiçoamento e Especialização (CFAE), o curso de Formação de Soldados. A transferência do nome: Posto de Bombeiros da Cidade Nova VII, para Centro de Formação Aperfeiçoamento e Especialização, não foi explicada em nenhum dos Boletins pesquisados. Mas, acreditamos que a hipótese mais provável, foi que naquele período da história, quando o Corpo de Bombeiros se encontrava em processo de desvinculação da PM, fazia-se necessário criar um Centro de Formação Aperfeiçoamento e Especialização das praças da corporação, e como a Polícia Militar já tinha o Centro de Formação de Praças (CFAP), o Bombeiros criou o (CFAE). Na data do dia 23 de Abril de 90, o Comando do CFAE, passou a direção do Cap José Cupertino Correa (Hoje Cel R/R e EX. CMT. Geral do CBM).

Através do Decreto Estadual N°6781 de 19 de Abril de 1990, disciplinou a desvinculação do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Pará, tendo como ato Oficial, uma formatura no dia 21 de Abril, no Quartel do Batalhão de Trânsito, sito AV. Alcindo Cacela esquina com a Travessa Conceição. O Comandante nomeado foi o Cel BM Raimundo Nonato da Costa, hoje na reserva, que tomou como medidas criar uma nova estrutura do Corpo de Bombeiros, assim o fazendo através de portarias.

Portaria n° 010 de 08 de maio de 1990 – Gabinete do Comando de 11/05/90, BG n° 014, cria no corpo de Bombeiros Militar do Pará, o Centro de Formação Aperfeiçoamento e Especialização (CFAE), tornando assim Oficial a criação do CFAE, que já funcionava desde sua operacionalização no dia 20 de novembro de 1989. A Portaria n° 013, de 15 de maio de 1990 , nomeou o Cap José Cupertino Corrêa, como comandante interino do CFAE , através da Portaria n° 035 de 16 de outubro de 1990, BG n° 112, foi aprovado em caráter excepcional, o Regulamento do Centro de Formação Aperfeiçoamento e Especialização (CFAE) elaborado pelo próprio comando. Portaria n° 003, de 02 de Abril de 1991 de, BG n° 068, exonerou do comando do CFAE o Maj José Cupertino Corrêa. No período da saída do Maj CUPERTINO até o dia 17 de julho, o comando do CFAE ficou sob as ordens do CAP Wilson Luzio da Rocha Bendelak Filho (Hoje Ten Cel BM BENDELAK). Portaria n° 08 de julho de 1991, passa a responder pelo comando do CFAE, o Cap Emanuel Lisboa Alves do Nascimento (Hoje Maj BM LISBOA). Portarias n° 015 e 018 de 13 de março de 1992, passando e recebendo o comando do CFAE, Cap LISBOA, para o Ten Cel Pedro Abreu Costa (Hoje Cel RR e ex Comandante Geral do CBMPA).

Como a Escola de Formação de Oficiais (EFO), tem suas raízes no Centro de Formação Aperfeiçoamento e Especialização (CFAE), não poderíamos deixar de relatar que foi prorrogado o término do Curso de Formação de Cabos (CFC), por um período de 30 dias, por estarem trabalhando na construção da Academia de Bombeiros até a data do dia 15 de março de 1992, BG n° 032, de 14 de fevereiro de 1992.

BG n°060, de 31 de março de 1992, Decreto 696, de 16 de março de 1992. Art. n° – O efetivo para o funcionamento da EFO, será deduzido do efetivo do CFAE.

Retornando ao CFAE, foi através da Portaria n° 035 de 02 de junho de 1992, BG n° 10, nomeada uma comissão composta pelos Ten Cel Abreu, comandante do CFAE, o Ten Cel José Ribamar Matos (Hoje Cel RR e ex Comandante Geral), e o Cap João Hilberto de Souza Figueiredo (Hoje Maj HILBERTO), Para no prazo de 30 dias úteis providenciassem junto a COHAB, a legalização do terreno pertencente ao CFAE.

Já que anteriormente citamos a criação da Escola de Formação de Oficiais (CFAE), fazemos também a citação da sua desvinculação do CFAE, que ocorreu através da publicação do Decreto n° 2713 de 27 de julho de 1994, BG 137, de 28 de julho de 1994.

Comandante: TEN CEL QOBM JOSÉ CARLOS DA SILVA FARIAS

Subcomandante:CAP QOBM LEANDRO HENRIQUE DINIZ COIMBRA

Contatos da unidade

Endereço: Conj Cidade Nova VII, SN-24, sino – Ananindeua – PA,

ATUALMENTE O CFAE ESTÁ FUNCIONANDO NO IESP:

BR 316, Km 132, s/n – M, Marituba – PA, 67200-000

Tel: 3263-7677

Comandante: 8899-2695 (Func Cmt)

 

Galeria de fotos