População receberá alertas de possíveis desastres naturais via SMS
Publicado: 2 de Março de 2018 - Hora: 12:31

População receberá alertas de possíveis desastres naturais via SMS

Com o objetivo de prevenir e orientar a população sobre os procedimentos que devem ser tomados em caso de riscos de desastres naturais, a Defesa Civil do Estado do Pará passou a utilizar, no mês fevereiro deste ano, a plataforma SMS com envio de orientações à população em situações, como exemplo, de enxurradas.

Desde que começou a operar, em fevereiro do ano passado nas regiões sul e sudeste do país, o programa já cadastrou 2,6 milhões de cidadãos e encaminhou 48 milhões de mensagens. E chega ao Estado do Pará, visando atender, principalmente, as áreas com maior incidência em fenômenos naturais. O projeto é coordenado pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Ministério de Integração em parceria com a Defesa Civil dos Estados, Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e operadoras de telefonia.  

Como funciona?

A partir do momento que a Defesa Civil identifica a possibilidade de evento que possa colocar em risco a população de determinada localidade, será feito o envio de mensagem de texto (SMS), informando as medidas a serem tomadas. Para receber esses dados é necessário realizar o cadastramento via SMS para 40199 com o CEP da região que deseja receber a informação e é possível cadastrar mais de uma região. O serviço é totalmente gratuito.

O Coordenador Estadual da Defesa Civil, Coronel Augusto Cantuária, ressalta a importância da plataforma no trabalho de prevenção em acidentes de fenômenos naturais: “O suporte do SMS vai nos dar um ganho de alcançar aquela família que está vulnerável a determinado risco, com o envio de mensagem a família recebe a informação de como proceder, por exemplo, em alagamentos ou em enxurradas”, frisa o Coronel.

A Defesa Civil, explica também, como é composta a mensagem emitida: “Defesa Civil informa: novo serviço de envio de SMS gratuito de alertas de riscos de desastres. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse”.

O projeto que está na fase de cadastramento da população, visa, ainda, diminuir os riscos de perdas de bens materiais. O trabalho será feito em conjunto com as Defesas Civil dos demais municípios, dessa forma, estreitar a relação com a comunidade vulnerável.

Acerca do trabalho desenvolvido pela Instituição por meio do SMS, o Major Thiago Carvalho, explica o procedimento da Defesa Civil, que “trabalha com a probabilidade de acontecer um fenômeno natural, como chuvas e inundações, e então verificar-se que determinado município tem vulnerabilidade, identificando os riscos nós encaminhamos para Anatel as informações, e ela gerenciará com as operadoras para dispararem os dados para a área de risco identificada pela Defesa Civil. ” afirmou.

Tipos de desastres no Pará – De acordo com a Defesa Civil do Estado os principais acontecimentos de cunho natural que causam incidentes, são hidrometeorológicos, que podem ser as chuvas, alagamentos, enxurradas, bem como, elevação do nível dos rios.

Entre os municípios que sofrem freqüentemente com enxurradas e deslizamentos de massa estão: Alenquer, Oriximiná, Santarém, a região do Baixo Amazonas e região do Tapajós. No primeiro momentos da utilização do SMS em alertas de riscos, esses municípios receberão uma atenção maior.

Por Ascom CBMPA

Foto: Carlos Yury

Foto destaque: Divulgação/Ministério da Integração Nacional