Interior do Estado recebe prevenção no carnaval
Publicado: 12 de Fevereiro de 2018 - Hora: 23:55

Interior do Estado recebe prevenção no carnaval

A segunda-feira de carnaval nas praias do interior do Estado foi marcada pelas ocorrências de acidentes com animais marinhos e orientações ao público. E os profissionais do Corpo de Bombeiros trabalharam intensamente durante o dia nas praias, estradas e nos blocos de ruas com o intuito de garantir a segunça de todos.

No período da tarde de hoje (12), na praia de Alter do Chão, a equipe de guarda-vidas realizou atendimento de primeiros socorros, a banhista que sofreu ataque epilético. Em seguida foi encaminhada ao posto de saúde das proximidades. Também na mesma região houve registro de um condutor  de lancha ultrapassar para área de banhistas. Profissionais do CBMPA interviram para que  fosse evitado qualquer tipo de incidente.

O mesmo tipo ocorrência foi resgistrada no município de Santarém, os bombeiros também orientaram aos banhistas que estavam nadando fora do limite de segurança e advertênmarinhos condutores de embarcações por estarem em áreas de banhistas.

Em Colares, as praias mantiveram a tranquilidade e sem ocorrências, apenas orientações, e contou com o apoio e da Prefeitura da cidade, Polícia Civil e Militar.

O sub tenente Marcelo Santos pontuou sobre o reforço do trabalho preventivo é muito importante para manter a tranquilidade e bem estar “a prevenção e orientação são fundamentais, o público tem de estar atento aos acidentes com animais marinho, comum nesta área com alto índices de acidentes com arraias”. Informou também, que “o serviço esta tranquilo  com o suporte de seis militares e dois socorrista devidamente equiparados para atender qualquer tipo ocorrência”, completou.

Animais marinhos – Na praia da Aldeia em Cametá e praia Grande em Salvaterra registraram ocorrências envolvendo animais marítimos, lugar propício de arraias. Com o público estimado em 450 banhistas em Algodal o trabalho preventivo foi realizado com sucesso, a ocorrência registrada foi de um acidente com animal marítimo causado por água viva, mas sem gravidade.

Em São João de Pirabas foram realizados trabalhos preventivos e orientações de como utilizar corretamente os tipos de coletes salva vidas, na praia de Barra Velha onde a ocorrencia foi motivada pelo ataque de bagre.

Com um número maior em relação aos dois dias anteriores da operação, o público em Outeiro foi estimado em 2 mil pessoas, a tranquilidade se repete se igualando aos demais. As ocorrências registradas pelas relações com animais marítimos relacionados a fatores biológicos, como correntes marinhas, temperatura da água e o desconhecimento dos banhistas nas áreas de banho.

Carnaval de rua – Os militares do Corpo de Bombeiros durante o carnaval de rua atuaram nas ações de prevenção, procedimentos básicos e operacionais durante a realização e o desenvolvimento do evento carnavalesco “bloco de rua”.

O objetivo de estabelecer a prevenção no decorrer dos eventos é contribuir para preservação da ordem pública e segurança dos envolvidos, nos pontos de maior vulnerabilidade a acidentes.

Em relação ao carnaval de rua, o município de Abaetetuba tem uma maior atenção por causa do fluxo intenso de foliões para eventos com atrações nacionais que requer cautela. “Nós estamos com estrutura para prevenção de acidentes composta por viaturas de incêndio, salvamento e resgate, além do efetivo de reforço de Belém. Também temos um posto em que fazemos atedimento pré-hospitalar e o apoio da Secretaria de Saúde do município.”, explicou o Major Hugo Cardoso, comandante do quartel de Abaetetuba.

No município de Cametá o Carnaval de rua começou pela da noite e conta com cerca de 15 mil brincantes e o “trabalho de prevenção está sendo realizado desde o dia 10, até o momento não houve nenhuma ocorrência com gravidade apenas orientações para os foliões e registro de coma alcoólico e mal súbito”, relatou o Sargento Antônio S. Viana.

Na estrada – A barreira de Santa Rosa, estava sendo supervisionada pelo Grupamento de Salvamento e Emergência (GSE), “o serviço é de grande importancia pois o gerenciamento e supervisão das barreiras  garantem o complemento do serviço em relação à materiais de apoio para acidentes com vítimas presas nas ferragens de automóveis e no suporte de desencarceramento”, relatou o tenente Luiz Da Cunha.

Nas estradas, especificamente em São Caetano de Odivelas (PA-140), registrou-se ocorrência de acidente com moto. O condutor da motocicleta sofreu ferimentos leves, onde recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros.

Na região de Santarém, uma ocorrência envolvendo moto, onde, o passageiro teve escoriações pelo corpo e suspeita de fratura na costela e atendido com procedimentos de primeiros socorros, posteriormente conduzido por familiares para o hospital.

Em Cametá, Caraparu, Ourém, São Domingos do Capim, Cotijuba, Moju, Breu Branco, Abaetuteba, Barcarena, Ajuruteua, São Miguel do Guamá, Tucuruí, Peixe Boi, Marudá, Vigia, Caripi, Joanes, Icoaraci não registraram ocorrências, apenas orientações aos banhistas.

Por Ascom CBMPA

Foto: Sargento Carlos César e Silva