Militares e voluntários civis participam de curso sobre técnicas de arquivo
Publicado: 23 de Março de 2018 - Hora: 11:39

Militares e voluntários civis participam de curso sobre técnicas de arquivo

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA) por meio da Escola de Governança do Pará, promove desde a última segunda-feira (19), das 14h às 18h, o curso  de Técnicas de Arquivo e Controle de Documentos, o evento é voltado para militares e voluntários civis que manuseiam documentos em processo de arquivamento.

Durante o curso os participantes poderão compreender como funciona a dinâmica do arquivamento, mostrando assim as principais técnicas para que o documento seja arquivado da maneira correta, bem como, não comprometer o estado físico. “Acredito que todo servidor precisa fazer porque realmente o arquivo é alma viva de qualquer instituição, então, a gente sabe que existem muitos problemas relacionados a arquivos, como por exemplo, a questão de infraestrutura.”, explicou a bibliotecária e especialista em Gestão Unidade e Informação, Samantha Andrade Araújo.

Outra tópico abordado em Técnicas de Arquivo é a importância da organização dos documentos arquivados no órgão, quando há necessidade de utilização de determinado documento localizado no setor de arquivo, porém, este não está devidamente organizado para a procura ágil do documento.

A Subdiretora da Diretoria Ensino e Instrução do CBMPA, Major Vivian Lemos, ressalta que a documentação conta uma história de como os processos de uma instituição se desenvolvem. “É de extrema importância para que o militar  saiba dar o fluxo correto das documentações e do arquivamento porquê a história fica guardada para nós contarmos aos nossos posteriores.”, frisou.

A bibliotecária,Samantha Andrade, aborda também no curso a tabela de temporalidade, esta, é uma ferramenta que ajuda os servidores no intuito de saber o tempo que cada documento poderá permanecer no setor de arquivo.

Cerca de 15 voluntários civis participam do evento, entre os voluntários está, Paulo Sérgio, “o meu trabalho é administrativo auxiliando os militares da sessão e o curso de arquivologia está sendo perfeito porque estou aprendendo muitas coisas, que às vezes eu fazia errado no arquivamento. O arquivo não é um arquivo morto e sim vivo”, explicou.   

 

Por Ascom CBMPA

 

Compartilhar: