Manhã Alegre e Atividades Religiosas promovem interação entre militares e familiares
Publicado: 20 de junho de 2018 - Hora: 08:30

Manhã Alegre e Atividades Religiosas promovem interação entre militares e familiares

Veja mais fotos

Ocorreu na manhã desta terça-feira, 19, no Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros (QCG), um circuito de atividades recreativas e religiosas voltadas para os militares, seus familiares e convidados. O objetivo do evento, além de promover um momento de descontração, era fomentar nos bombeiros os sentimentos de fé e empatia. A programação é alusiva ao Dia Nacional do Bombeiro, que será celebrado em 02 de julho.

Iniciando às 8h, a Manhã Alegre proporcionou momentos ímpares de descontração entre crianças e adolescentes ligados aos militares, num total de aproximadamente 150 pessoas.  A ação de lazer foi incrementada com jogos e brincadeiras que certamente deixarão boas lembranças nos jovens. Para a Ascom, em entrevista, a Coordenação da Manhã Alegre afirmou que o objetivo principal da ação seria integrar os militares aos seus familiares, e agradeceu pela calorosa participação de todos.

Em seguida, às 9h, houve a Missa na Capela de São Expedito no QCG, com a participação de 60 pessoas, entre bombeiros e convidados, que aproveitaram o momento para espiritualização e renovação. E, às 10h, um Culto Evangélico envolvendo fiéis da Igreja Assembleia de Deus, militares e familiares. O objetivo geral do evento era estimular a interação humana por meio das cerimônias que envolvem a fé, esperança e valorização à infância e à família.

Quando questionado sobre o que significa Deus para o Corpo de Bombeiros, o Comandante Geral Coronel BM Zanelli frisou: “Falar em Deus é importante para a vida de todos nós, ainda mais quando se trata de uma instituição como a nossa, sem fazer distinção das outras, mas que tem no seu mister doar-se por completo para salvar vidas’’.

Ainda de acordo com o Coronel, ‘‘Não podemos começar o dia, ou começar qualquer comemoração ou data qualquer que seja sem antes falar com Deus e pedir proteção e que ele direcione a da forma que ele deseja a vida e esses eventos de modo geral. Para mim quanto pessoa, um culto, uma missa quando se reúnem para falar em Deus é fundamental, porque a minha vida só existe porque Deus existe, eu acredito nisso. Então para mim enquanto pessoa falar em Deus é fundamental e necessário para a minha vida’’, concluiu.

 

Texto: Júlio Leandro

Fotos: Sargento Carlos