I Seminário de Salvamento Veicular recebe militares de todo o país
Publicado: 8 de junho de 2018 - Hora: 14:01

I Seminário de Salvamento Veicular recebe militares de todo o país

Veja mais fotos aqui

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará promoveu o “I Seminário de Salvamento Veicular do CBMPA” e a “VII Reunião da Comissão Nacional de Salvamento Veicular (CONASV)”. O evento encerrou hoje, 08, e teve o objetivo de reunir bombeiros militares de diversos Estados do Brasil para debater táticas e técnicas de salvamento veicular e a utilização da roupa de proteção.

A Capitão Lívia Nascimento do Corpo de Bombeiros do Amapá se formou como Oficial em 2011 no Pará, e hoje, retornou a capital paraense para ministrar a palestra sobre incêndio veicular, abordagem sobre risco e procedimentos de segurança em operações. “É de extrema importância para intercambiar e trocar conhecimentos entre as corporações. Precisamos evoluir para melhorar a eficiência de nossa atuação e quebrar paradigmas e tocar em pontos atuais, o que tem novo em equipamentos e nas áreas de atuação dos bombeiros”, afirmou.

O Seminário teve como tema principal a eficiência, segurança, reconhecimento da área, as táticas e técnicas de combate a incêndio veicular,  equipamentos adequados de proteção respiratória. Pelo fato que, neste tipo de ocorrência existem gases tóxicos que acometem o sistema respiratória do bombeiro a curto ou médio prazo.

“Imprescindível esse tipo de ação que o Corpo de Bombeiro traz para todos os militares, para que possamos está fazendo essa troca de conhecimento, pois o seminário permite uma interação com bombeiros de outros estados. O conhecimento é base, a instrução é a base, porque nós atuamos para a sociedade, a capacitação do efetivo é essencial para que seja eficaz nesse tipo de atendimento.”, pontuou a Major Gabriela Contente, subcomandante do 27° Grupamento Bombeiro Militar do Mangueirão.

De acordo com o relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), o acidente automobilístico é a primeira causa de mortes por trauma no mundo. Os dados de 2010 registraram 1,24 milhões de pessoas envolvidas em acidente veicular, que corresponde 2,1% de todos os óbitos registrados.

O Sistema Integrado de Controle de Ocorrências dos Bombeiros (SISCOB), desde janeiro deste ano até o momento (08 de junho), foram atendidas cerca de 1077 ocorrências de incêndio em transportes. Já no ano passado foram 942. Em 2016 no mesmo período o Corpo de Bombeiros atendeu 1271 ocorrências.

Segundo o Detran existem mais de dois milhões de veículos circulando no Pará, mais de 30 mil acidentes veiculares acontecem todos os anos em nosso Estado e nove mil são na Grande Belém e 1.500 mortes ocasionadas em acidentes automobilísticos.  

O último dia do seminário começou com Capitão Félix do Corpo de Bombeiros do Amapá que abriu o ciclo de palestras sobre extração de vítima do veículo (Ângulo Zero). Em seguida, ‘Incêndio veicular, abordagem sobre risco e procedimentos de segurança em operações”, palestra realizada pela Capitã Lívia Nascimento do CBMAP. No terceiro momento, o Capitão Clemente Leite do CBMAP ministrou sobre prevenção e as ocorrências do Amapá. O Capitão Bruno e Tenente Bruno Lazarin, finalizaram com o “Desafio Estadual de resgate veicular e a influência  na doutrina operacional do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina”.

Encerrando o evento o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Pará, Coronel Zanelli Nascimento, agradeceu a presença dos militares dos demais Estados e ainda abordou a importância de ser bombeiro. “Todos os homens nascem com um determinado propósito, mas os melhores são os bombeiros.  Ser um profissional que dar a vida, não existe profissão melhor no mundo que ser bombeiro.”, destacou.

Prevenção

– Manter a manutenção e revisão periódica do veículo. Através dessa verificação que é possível saber se a fiação elétrica está antiga, podendo ocasionar curto circuito.

– A manutenção no carro é importante para averiguar se há peças desgastadas,  podendo gerar um atrito que vão gerar energia térmica e sobreaquecer alguma estrutura do veículo.

– Em alguns casos, existem os defeitos de fábrica e as empresas fazem o recall e o proprietário precisa levar o automóvel para a troca.

– Para carros de passeios, o extintor portátil de 1 kg do tipo pó ABC, hoje não tem caráter obrigatório, mas é recomendável em prol da segurança e saiba usar. O extintor de incêndio só é eficiente em casos de princípio de incêndio, quando há volume de chamas pequeno.

– Em casos de ocorrências desta natureza entre em contato com o Corpo de Bombeiros de imediato através do 190 e 193.

Veja o conteúdo do seminário aqui.

Por Ascom CBMPA

Fotos: Sargento Carlos

Compartilhar: