Defesa Civil implementa ações integradas de segurança para o verão
Publicado: 10 de julho de 2017 - Hora: 13:35

A “Operação Veraneio: A Segurança é a Nossa Praia” iniciou esta semana, mais precisamente segunda-feira (29) a ação será efetuada em duas etapas ao decorrer dos meses de junho e julho. Neste momento da primeira etapa, que se estenderá até 14 deste mês, com o propósito de disponibilizar medidas preventivas à população que frequenta os principais balneários do Estado, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) está focada no levantamento de informações acerca dos 13 municípios que serão alcançados e, que possuem alta concentração de pessoas nas praias. Os dados a serem coletados diz respeito a programação de eventos, disponibilidade de atendimento médico, segurança pública, transporte, assim como identificação de áreas de risco, todo o planejamento consiste em ações integradas de acordo com a competência institucional, tudo com a finalidade de oferecer segurança necessária para os veranistas.

Na semana, de 29 a 2 de junho, os distritos de Mosqueiro, Outeiro e Cotijuba e o município de Barcarena receberam a visita de técnicos da Defesa Civil do Estado e se reuniram com representantes de órgãos municipais a fim da captação de dados a respeito das ações que estão sendo planejadas nestes locais para o período em questão.

É importante ressaltar que a Defesa Civil Municipal tem importante papel nas ações de prevenção, preparação e resposta e recuperação, sabendo que o primeiro atendimento em casos de desastres é de competência do executivo municipal, justamente pelo conhecimento das peculiaridades locais.

A segunda etapa, que irá ocorrer no período de 6 a 31 de Julho, terá como objetivo mais específico trabalhar na orientação direta com a população nos balneários quanto a prevenção de acidentes, risco de afogamento e também despertando a consciência coletiva no descarte correto de lixo. Os banhistas também serão orientados sobre a localização das barracas para atendimento de ocorrências e a localização de guardas-vidas, é recorrente o caso de crianças perdidas no período e, para isso serão distribuídas pulseiras de identificação devidamente padronizadas e resistentes à água.

CEDEC

Compartilhar: