Corpo de Bombeiros reforçam e orientam na segurança do Círio de Nazaré 2017
Publicado: 5 de outubro de 2017 - Hora: 13:49

Corpo de Bombeiros reforçam e orientam na segurança do Círio de Nazaré 2017

A contagem regressiva para o evento mais aguardado pelos paraenses começou. A grande procissão ocorre no segundo domingo de outubro. Algumas novidades no esquema de segurança do público foram apresentadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), durante coletiva de imprensa. As ações têm inicio amanhã, 06, de outubro e só terminam no dia 23, com o Recírio.

Mais de 21 mil agentes de diversas instituições, secretarias e órgãos estarão em ação no Círio de Nazaré 2017. O Corpo de Bombeiros Militar do Pará irá reforçar a segurança com 777 Bombeiros que estarão presente em todas as atividades da quadra nazarena do Círio de Nossa Senhora de Nazaré. Durante as romarias, missas e procissões, os bombeiros irão atuar em serviços de prevenção e combate a incêndio, salvamento terrestre e aquático, atendimento de urgência e emergência, controle de pânico, vistorias em prédios, em instalações provisórias (arquibancadas e palanques), em materiais que obstruam as passagens das procissões, e na fiscalização do excesso de fogos ou artefatos pirotécnicos presentes ao longo das procissões, com objetivo de preservar, conservar e estabelecer a integridade física e patrimonial do público presente.

O Coronel Zanelli Nascimento, explicou sobre os cuidados e preparativos para esse grande evento. “Há cerca de um ano já estamos trabalhando e planejando para desenvolver a segurança no círio de 2017. Todas as estruturas que serão montadas, nas vias do percurso do círio, passarão por vistorias do CBMPA e a população irá contar com 777 Bombeiros Miliares”, comentou o Comandante.

Novidades para 2017

Serão utilizadas 20 plataformas de observação de agentes de segurança. As estruturas estarão distribuídas ao longo do trajeto das procissões. Outra novidade para o Círio 2017 é a mudança do local da Sala de Situação, do Corpo de Bombeiros para a sede do Centro Integrado de Operações (CIOP). A sala será montada a partir das 7 horas da sexta-feira, 6, que ficará em atividade até no domingo do Círio.

A sala de situação será montada para monitorar as ocorrências do evento e do entorno do local. O ambiente também será um meio para acesso à informação, permitindo que imprensa e interessados possam adquirir informações como:  número de pessoas, de ocorrências, tipo de situações entre outras. As ações de segurança possuem o objetivo de proporcionar a sensação de segurança e oferecer possíveis atendimentos emergenciais, além de trabalhar na prevenção de ocorrências de delitos como roubo.

Orientação e Segurança

Enfrentar mais de cinco horas de caminhada na procissão, sob um forte calor, de Belém, não é fácil. Mas é com esse amor que os devotos  têm pela Nossa Senhora de Nazaré deverão passar para acompanhar a procissão do Círio 2017 neste domingo (08). Para que os romeiros possam seguir a Imagem Peregrina pelas ruas da capital paraense com segurança, o Corpo de Bombeiros orienta a população que participará da procissão do Círio, direta ou indiretamente, com algumas dicas de prevenção:

1 – Não se aproximar de locais onde acontecerão queimas de fogos;

2 – Não permanecer em marquises, sacadas, durante a passagem das procissões;

3 – Não deixar crianças nas sacadas e janelas de edifícios, bem como vaso de plantas e similares, a fim de evitar acidentes com os romeiros; Não levar crianças e idosos para lugares de grande concentração de público;

4 – Fazer uma boa alimentação antes de sair de casa e use protetor ou bloqueador solar;

5 – Usar roupas leves e confortáveis e beber água antes e durante a procissão para evitar casos de desidratação. Não ingerir bebida alcoólica durante a procissão;

6 – Identificar as crianças com nome, endereço e telefone, utilizando um cartão, pulseira ou similar; Crianças perdidas devem ser entregues aos agentes públicos (Bombeiro, Policiais, Guarda Municipal, Defesa Civil do Estado e do município e Cruz vermelha);

7 – Evite se aproximar muito da corda do círio principalmente na subida da Avenida Presidente Vargas com o Boulevard Castilhos França, por ser um ponto crítico da procissão.

Por Ascom CBMPA

Compartilhar: