Corpo de Bombeiros inicia a Operação Tiradentes II
Publicado: 11 de Maio de 2018 - Hora: 14:02

Corpo de Bombeiros inicia a Operação Tiradentes II

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará deu início nesta manhã, 11, a Operação Tiradentes II conta com cerca de 150 militares. É de caráter preventivo e operacional, e consiste na fiscalização de locais com grande fluxo de pessoas, como bares, restaurantes, entre outros, averiguando se os estabelecimentos obedecem a Lei Nº 13.425/17 que estabelece a prevenção e combate a incêndio em locais com rotatividade de pessoas, bem como, edificações. A operação se estenderá até amanhã, 12.

A operação ocorre simultaneamente em todo o país e em todas as regiões de integração do Estado, beneficiando municípios, como por exemplo, Belém, Ananindeua, Icoaraci, Santarém, Itaituba, Marabá, Tucuruí, Parauapebas, Redenção, Barcarena Castanhal, Vigia, Salinópolis, Salvaterra, Moju, Cametá e Altamira. A operação é uma iniciativa do Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpo de Bombeiros Militares.

O Comandante Operacional do CBMPA, Coronel Marcus Norat, pontua que quem ganha com a operação é a sociedade paraense. “Um melhor atendimento e um trabalho preventivo é de suma importância para evitar quaisquer tipos de acidentes, além de firmar laços da Instituição com a sociedade. O trabalho da operação é estar integrado com todos os corpos de bombeiros do Brasil, assim como a polícia militar”, ressaltou o Coronel.

Os militares também estão atuando nos serviços operacionais de combate a incêndio, serviços de resgate, salvamento e atendimento pré-hospitalar. Pela parte da manhã, na Região Metropolitana de Belém, a operação contou com 11 equipes divididas entre 22 bombeiros. “A meta é fiscalizar 140 estabelecimentos que recebem grande concentração de público para verificar as instalações de combate a incêndio”, pontua o Coronel Hayman Apolo.

Na clínica dermatológica localizada no bairro do Marco, na Tv. Mariz e Barros, os bombeiros realizaram a vistoria e foi verificado que o extintor estava vencido e as luminárias de emergência não funcionavam. De acordo com a Cabo Joana Pompeu, o estabelecimento foi notificado, “Os extintores estão com prazo de validade vencido e as luminárias de emergência não estão funcionando e em outros lugares é preciso instalar. Demos um prazo de quinze dias para o estabelecimento repor as luminárias e verificar a situação dos extintores para que sejam recarregados, assim, não pondo em risco a vida dos funcionários e clientes”, explicou.

Para que seja realizada a vistoria é necessário que os estabelecimentos preencham no site dos Bombeiros um auto de conformidade, que é a licença de funcionamento, que prevê a fiscalização a qualquer momento pela corporação.

Em uma farmácia, também localizada no bairro do Marco, o estabelecimento foi notificado para fazer a reposição e a recarga dos extintores como explica o Cabo Jairo Pereira que realizou seis vistorias em diversas farmácias nesta manhã. “Neste primeiro momento foi observado que os extintores precisam ser recarregados e repassamos as orientações para que a proprietária tome as atitude cabíveis na reposição adequada”, afirmou.

No bairro da Pedreira, um posto de gasolina também recebeu a vistoria do Corpo de Bombeiros. “A irregularidade que nós encontramos foi somente a placa de sinalização de extintor, as placas antigas estavam desgastadas pela luminosidade do sol, e no mesmo momento foram substituídas. E, também foram realizadas recargas dos extintores e agora encontra-se na normalidade”, afirma o Cabo Valdir Pacheco.

Após a fiscalização preventiva, que teve inicio nesta manhã, a operação Tiradentes II terá a integração com a PM para as ações que ocorrerão no período de 18h de sexta-feira às 6h do sábado, durante a operação Hypnos, onde cada órgão de segurança realiza atividades dentro de sua competência.

A ação está ocorrendo nos seguintes turnos: 1º turno: 8h às 18h (11/05), 2º turno: 18h00 às 06h00 (11/05-12/05), 3º turno: 06h00 às 16h00 (12/05).

Por Ascom CBMPA

Foto: Sargento Carlos César