CFAE comemora 27 anos de criação.
Publicado: 18 de abril de 2017 - Hora: 12:42

CFAE comemora 27 anos de criação.

Nesta segunda-feira, 10, ocorreu no Instituto de Ensino de Segurança do Pará (IESP), em Marituba, a Solenidade Alusiva ao 27° aniversário do Centro de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização. O evento contou com a presença de autoridades militares e civis, entre elas, o Comandante Geral do CBMPA Coronel Zanelli Nascimento e o Prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro.

  

Atualmente, o CFAE está subordinado a Diretoria de Ensino e Instrução do CBMPA e atua na formação de 276 alunos soldados oriundos de concurso público de admissão, os quais estão distribuídos nos cinco polos de formação: Belém, Marabá, Santarém, Castanhal e Abaetetuba.

O Comandante Geral do CBMPA, falou durante o evento sobre os membros que participaram da história do centro de formação e do futuro do CFAE. “O futuro deve ser como estamos trabalhando hoje, edificando com compromisso e  mantendo a continuidade. Nesses 134 anos de bombeiros, edificamos todos os dias a Corporação com o compromisso e união”. Ressaltou o Coronel Zanelli.

O Centro de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização, é o berço da formação das praças do Corpo de Bombeiros Militar do Pará, conta com um total de 102 alunos matriculados no Curso de Formação de Praças da região metropolitana de Belém, curso este que habilitará o militar formado, na graduação de soldado, a seguir carreira até a graduação de Subtenente, graduações estas pertencentes ao ciclo de praças.

O prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro, parabenizou os 27 anos do CFAE. “Hoje, se nós podemos ter certa tranquilidade é porque aqui no CFAE passaram diversas pessoas com a intenção de salvar vidas e por isso que esse momento para os bombeiros é fundamental. Nós, civis dependemos dos bombeiros, eles que estão dispostos a dar a própria vida para salvar a vida do próximo.”

A aluna soldado Ana Cintia Vasconcelos participou da solenidade, compondo a tropa representativa, e destacou: “É uma honra poder comemorar o aniversário do CFAE, essa escola que nos ensina a salvar vidas. Não é só um momento de comemoração, mas também de agradecimento. E em breve seremos bombeiros militares, prontos para servir a sociedade paraense”.

   

De acordo com o Major Helton Morais, Comandante do Centro de Formação, a solenidade de aniversário serviu para valorizar os militares que contribuiram na história da Unidade Escola: “Para a nossa família militar CFAE, é uma satisfação imensa receber os civis, militares da ativa e reserva para prestigiar nosso evento. Comemorar um aniversário é o resgate da historia e isso serve para valorizar os nossos militares que fizeram historia na unidade”.   

No evento foram homenageados com o diploma de “Amigos do CFAE”: a primeira turma de soldados de 1990, o efetivo pioneiro e Ex-Comandantes do Centro de Formação. O Coronel da Reserva, Wilson Bendellack, recebeu o diploma de “Amigo do CFAE”, e comentou emocionado: “Eu fui um dos fundadores do CFAE, pra mim é uma satisfação que levo para a vida. Hoje estou aposentado e receber reconhecimento, ainda em vida, é uma honra muito grande”.

Histórico.

A história do CFAE se relaciona diretamente ao período áureo do CBMPA, no início da década de 90, quando a corporação se tornou autônoma, se separando dos quadros da PMPA, de quem era orgânica.

Através do Decreto Estadual N°6781 de 19 de Abril de 1990, o qual disciplinou a desvinculação do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Pará, tendo como ato Oficial, uma formatura no dia 21 de Abril, no antigo Quartel do Batalhão de Trânsito, sito av. Alcindo Cacela, esquina com a então Travessa Conceição, hoje travessa Fernando Guillon.

O Comandante nomeado foi o então Coronel BM Raimundo Nonato da Costa, hoje na reserva, que tomou como medidas criar uma nova estrutura do Corpo de Bombeiros, assim fazendo através de portarias, uma das quais cria para o Corpo de Bombeiros Militar do Pará, o Centro de Formação Aperfeiçoamento e Especialização (CFAE), oficializando a criação do CFAE, que já funcionava, como Unidade de ensino desde 2 de abril de 1990, cujo comandante pioneiro foi, à época, o Cap BM Marcos Aurélio Aquino Lopes, com a formação da primeira turma de soldados bombeiros.

 

Texto: ASCOM/CBMPA

Fotos: Sargento Carlos Cesar

Compartilhar: