Café da Manhã com Voluntários Civis do CBMPA
Publicado: 12 de julho de 2017 - Hora: 08:54

Dentro do Corpo de Bombeiros Militar do Pará existe o programa Voluntários Civis, onde jovens de até 22 anos exercem funções administrativas, serviços auxiliares de saúde e defesa civil e para começar a semana membros do CBMPA realizaram um café da manhã com o objetivo de agradecer os serviços prestados pelos Civis do Comando Geral.

O Comandante Geral, Coronel Zaneli, esteve presente no encontro e falou da importância dos Civis de todas as unidades do CBMPA. “Vocês são tão importante quanto o efetivo do CBMPA. Existem muitas pessoas que passaram pelo programa de voluntários civis e hoje estão muito bem no mercado, alguns estão até seguindo carreira militar. Precisamos do trabalho e comprometimento de vocês. Esse café da manhã é de agradecimento e eu fico muito feliz de estar com vocês” afirmou o Comandante geral.

Os Civis são distribuídos por seções e diretorias. Alan Vitório está há 4 meses como voluntário do Corpo de Bombeiros Militar do Pará e afirma que já aprendeu muito. “Eu faço parte da diretoria de apoio logístico(DAL) e aqui eu aprendi a importância da instituição Bombeiro Militar por dentro. Quem está fora, só enxerga os Bombeiros como heróis das ruas, mas pra chegar em uma ocorrência, existe uma grande logística por trás, manutenção, combustível, etc. É uma grande equipe que trabalha junto para salvar vidas” comentou o Voluntário.

Atualmente existem mais de 200 voluntários civis no CBMPA, com o objetivo de cumprir metas do Governo do Estado, de acordo como estabelece a Lei Federal n° 10.029, que define prestação voluntária dos serviços no Bombeiro Militar do Pará com base no Decreto Estadual n°5.162 de 21 de fevereiro de 2002.

A técnica de Defesa Civil, Wilma Mendonça, foi organizadora do café da manhã. “Era um sonho meu fazer um encontro como este. Graças a Deus deu tudo certo e todos contribuíram para realizar este café da manhã. Aproveitem essa fase da vida de vocês, usem o programa de voluntários civis para crescer pessoalmente e profissionalmente”, finalizou Wilma.

Carol Farias é a nova Voluntária da Seção BM5 e já cria grandes expectativas sobre o trabalho.“Aqui o civil cria um entendimento muito grande sobre trabalho, porque de certa forma é um ambiente militar e aqui aprendemos sobre respeito, disciplina, regras e padrões, e isso vai nos ajudar no mercado de trabalho lá fora” explicou Carol.

Por Eduardo Monteiro

Compartilhar: