Balanço geral da “Operação Verão 2017”
Publicado: 3 de agosto de 2017 - Hora: 09:11

Balanço geral da “Operação Verão 2017”

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA) realizou no período de 30 de junho a 31 de julho, a Operação Verão 2017. Neste período foram intensificadas ações de segurança e prevenção nos balneários do Estado. 

Balanço 

Durante a Operação Verão 2017 foram realizadas 20.300 ocorrências, orientações e advertências. Dentre as ocorrências estão acidentes com animais marinhos (516), crianças localizadas (456), intervenção de princípios de afogamentos (186) afogamentos fatais (4). As praias que registraram mais atendimentoforam Outeiro (5.409), seguida de Salinópolis (2.780), Marudá (1.037), Mosqueiro (1.026) e Salvaterra (875).  

A orientação pode ser feita de duas formas: quando o banhista vai até barraca dos bombeiros solicitar informações e serviços (tábuas de maré, folders e pulseirinhas de identificação para as crianças) ou quando é abordado por guarda-vidas. Neste último caso o banhista pode receber orientações ou advertências. 

As orientações são informações passadas pelos guarda-vidas sobre as características da praia ou balneários, tais como, informações sobre a preamar, baixa mar, áreas destinadas para banho, localização da barraca dos bombeiros, áreas de vala e valões, presença de pedras, troncos de árvores e animais marinhos que podem ocasionar acidentes, entre outros. 

Já a advertência é qualquer comportamento inadequado que pode levar o banhista ou outrem a alguma situação de risco naquele ambiente, nesses casos a intervenção é imediata pelos guarda-vidas.  

As lesões causadas por linhas enceradas de pipas foram expressivas. Enquanto em 2016 foi constatado apenas 06 acidentes, neste ano os casos desse tipo saltaram para 34. Houve um aumento de 467% no número de atendimentos gerais no comparativo de 2016 e de 2017. 

Animais marinhos 

Também neste verão, os bombeiros observaram um aumento de 50% nos incidentes envolvendo animais marinhos. Foram 516 casos, o crescimento está relacionado a fatores biológicos, como correntes marinhas, temperatura da água e o desconhecimento dos banhistas nas áreas de banho.  

Crianças perdidas

Nesta temporada, foram registrados 456 atendimentos de crianças que haviam se perdido de seus responsáveis. Em relação ao ano passado, os Bombeiros haviam localizado 364 crianças perdidas com um aumento de 25%.  

Operação Estrada 

Foram registradas 05 ocorrências o que corresponde a uma redução de -88% em relação ao mesmo período de 2016, onde foram registradas 27 (vinte e sete) ocorrências. 

A Operação Estrada teve o objetivo de intensificar as fiscalizações, além da guarda preventiva e ostensiva. Entre as ocorrências estão acidentes automobilístico sem óbito (03) que apresentam queda de –82% em relação ao ano passado que obteve (17), seguida de mal súbito (01) e transporte clínico (01). O baixo índice de acidentes é resultado de um trabalho preventivo feito pelos bombeiros nas estradas do Pará. Neste ano não houve nenhum acidente automobilístico com óbito onde o Corpo de Bombeiros se fez presente, no ano passado houve 11 ocorrências, o que equivale uma queda de –100% no ano de 2017. 

Por Carlos Yury

Fotos: Sargento Carlos Cesar

Compartilhar: