Aula inaugural do Curso de Formação de Guarda Vidas
Publicado: 9 de agosto de 2018 - Hora: 14:53

A SOLENIDADE

Nesta quinta-feira, dia 09, foi celebrada a cerimônia de abertura do curso de formação e aperfeiçoamento em guarda vidas no Salão Nobre do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar às 9h da manhã.

O comandante geral, Tenente Coronel Zanelli, deu início a abertura oficial do evento, que  contou a com a presença dos 42 alunos da 12ª turma de 2018, alunos da turma de 1998 e 2008, que foram homenageados. Além de autoridades civis, oficiais e praças do CBMPA e de unidades co-irmãs da policia militar do Pará e a banda de música do Corpo de Bombeiros, que entoou o hino nacional brasileiro.

Os alunos da primeira turma de formação em guarda vidas do CBMPA (1998) receberam certificados de menções de agradecimento, pela prestação de serviço público a sociedade paraense.

“Eu me sinto feliz de sempre ser chamado para a aula inaugural e alguns eventos dos guarda vidas. A minha vida toda eu quis ser guarda vidas e é uma felicidade total participar desses momentos importantes do curso e dos bombeiros de modo geral” disse o Tenente Dias,  instrutor homenageado.

O CURSO

O curso será realizado no período de 07 de agosto à 28 de setembro com carga horária de 440 horas/aula, divididas em 11 disciplinas, dentre as quais destacamos: treinamento físico militar, salvamento aquático, primeiros socorros a afogados, sobrevivência no mar, praticagem náutica dentre outras. Que tem por objetivo a formação de profissionais treinados em salvamento aquático, direcionado aos oficiais e praças com aptidão em natação. A coordenação operacional do curso ficará a cargo do Capitão BM Leonardo Sarges.

 “O guarda vidas tem três características determinantes: conhecimento técnico, preparo psicológico e o condicionamento físico. Esses são os três pilares que fundamentam todo o desenvolvimento das atividades, que são ações voltadas para que o guarda vidas após formado, tenha um bom desempenho no meio líquido e consiga resgatar as vítimas que lá se encontram. O curso será dividido em duas fases, a primeira fase será em águas fechadas (piscinas) e a segunda fase em águas abertas, onde o guarda vidas passa por treinamento exaustivo e uma condição de risco bastante elevada, com todo um aparato da segurança pública, para minimizar o máximo os riscos, que são naturais e que sempre acontecem e estão presentes, que não tem como evitar, mas tenta minimizar com toda segurança possível, para que os alunos formem e não tenham nenhum tipo de acidente nesse meio” afirmou o Capitão.

 

Texto: ASCOM CBM/PA

Por: Carla Renata Cruz

Foto: Sargento Carlos

Em: 09/08/2017