16º GBM de Canaã dos Carajás realiza visita técnica ao projeto ferro Carajás S11D
Publicado: 18 de abril de 2017 - Hora: 12:35

16º GBM de Canaã dos Carajás realiza visita técnica ao projeto ferro Carajás S11D

No dia 15 de março o Capitão Catuaba e o 1º Tenente Renato, Comandante e Subcomandante do 16º Grupamento Bombeiro Militar de Canaã dos Carajás, respectivamente, acompanharam seu efetivo em uma visita técnica à área do Projeto Ferro Carajás S11D, maior projeto de mineração da mineradora Vale em execução. Os militares de Canaã dos Carajás tiveram a oportunidade de conhecer in locu todo o processo de mineração desde a extração do minério de ferro na mina, bem como seu beneficiamento e o embarque no trem de carga para o Porto da Madeira no Estado do Maranhão.

O projeto de mineração S11D trás consigo, além de todo o Know-how da mineradora Vale, inúmeros avanços tecnológicos que proporcionaram uma grande redução de impactos ao meio ambiente. O revolucionário Sistema Truckless desenvolvido pela Vale para o transporte do minério por meio de correias da mina até o local de embarque promoveu a redução de 70% do consumo de diesel e 50% de lançamento de gases do efeito estufa na atmosfera, além de permitir que 97% das atividades sejam executadas fora da área da Floresta Nacional de Carajás. Outro ganho para o meio ambiente foi a redução de 93% no consumo de água no beneficiamento, um volume que seria suficiente para abastecer uma cidade de 400 mil habitantes fazendo-se, portanto, desnecessária a construção de uma barragem de rejeitos.

Acompanhados pelos Senhores Leonardo Neves, Gerente de Sustentabilidade e Meio Ambiente; e Reggiê Silva, Técnico em Segurança do Trabalho, ambos da Empresa Vale, os militares tiveram como ponto alto da visita a explanação sobre o moderno sistema de segurança e proteção contra sinistros implantado na área do projeto. O Centro de Controle Operacional S11D, instalação de onde se controla e monitora todo o processo produtivo, e possui equipamentos eletrônicos de última geração que está equipado com um sistema de proteção contra incêndios totalmente automático com sensores de temperatura e detectores de fumaça, utilizando o NOVEC como agente extintor, produto de ação rápida e de fácil evaporação, que não danifica os equipamentos e não representa risco à saúde dos trabalhadores.

Há ainda, espalhados pela área do projeto, equipamentos detectores de temperatura por infravermelhos que monitoram a ocorrência de incêndios florestais sendo possível identificar o local do foco para que a brigada de bombeiros corporativos aja de forma rápida e eficaz.

Texto: CB BM Borges

Fotos: 1° TEN QOBM Renato

Revisão: ASCOM/ CBMPA

Compartilhar: