Bombeiros do Pará adquire novos compressores de alta pressão.

    

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará com objetivo de melhorar o atendimento a sociedade e levando em consideração as ocorrências que restringem a permanência do profissional bombeiro militar no local de atuação, pela ausência de ar-respirável, tais como em incêndios, espaços confinados e buscas subaquáticas, imprimiu esforços e adquiriu, através de licitação, 02 (dois) novos e modernos compressores elétricos, estacionários, de alta pressão.

Estes compressores tem como modelo Pacific E 230, italiano NARDI, e as seguintes características: Pressão de trabalho regulável para 225 bar (abastece cilindros de mergulho) e 325 bar (abastece cilindros de EPR) através de seletor digital; Vazão de 230 litros por minuto; Válvulas de segurança automáticas; Purga automática de umidade e óleo; Controle digital de horas trabalhadas; Filtro com sensor de percentual de validade digital e armário de suporte com local para armazenar peças e ferramentas.

A aquisição dos compressores é fruto do esforço conjunto dos setores da corporação que atendendo as orientações, preocupação e todo o apoio do comandante geral trabalham para o melhor desempenho operacional do CBMPA.

    

O Comando Operacional visando à otimização dos equipamentos distribuiu os compressores no 1º Grupamento de Busca e Salvamento – 1º GBS, que possui tropa especializada para atender as ocorrências em espaço confinado e no 1º Grupamento Marítimo e Fluvial – 1º GMAF, com tropa especializada para atender as buscas subaquáticas com a intervenção dos Mergulhadores de Resgate.

De acordo com o Comandante do GMAF, Tenente Coronel Farias os novos equipamento irá melhorar a segurança dos militares. "O emprego dos compressores favorece a melhor atuação dos bombeiros dando segurança aos militares, seja no ato do abastecimento dos cilindros, o que sempre nos preocupou bastante, seja na qualidade do ar respirável no momento das ocorrências possibilitando o êxito nas atuações operacionais. Tudo isso vem otimizar uma necessidade fundamental tanto deste Grupamento especializado em operações de mergulho de resgate, quanto das unidades que atuam nas ações de combate a incêndios". 

A entrega técnica e instalação nos Grupamentos foi realizada na última terça-feira (20/09), sob a  supervisão do Major BM Neto, chefe da BM/4 do COP, que deu suporte técnico ao Comando Operacional na aquisição dos equipamentos. Os quais estão em pleno funcionamento para atender as demandas da Região Metropolitana de Belém.

 

Texto e Fotos: Leonardo Sarges – CAP QOBM