Programa Escola da Vida comemora 23 anos

      

No dia 01 de abril de 1993, no quartel do 1º GBM, no bairro da Cremação, nascia o Projeto Social Escola da Vida. O PEV, como é conhecido por seus integrantes, é um trabalho de responsabilidade social desenvolvido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Pará, criado pelo Comandante da Unidade da Cremação, na época Capitão Raimundo Alexandre do Nascimento, hoje Coronel RR Alexandre.

No ano de 2013, como exigência do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente – COMDAC, o até então Projeto passou a ser considerado como um Programa, visto que, segundo o COMDAC, o conceito de Projeto estabelece uma data de início e fim, e no caso do Escola da Vida, as atividades propõe continuidade.

Na data de hoje, o Programa Escola da Vida completa 23 anos e alcança o quantitativo de aproximadamente três mil crianças, distribuídas em 22 polos localizados na região metropolitana de Belém e interior do estado. Ao longo desses anos, o Escola da Vida foi desenvolvido através de atividades socioeducativas, como forma de prevenção à violência e à criminalidade, além de possibilitar que crianças e adolescentes sejam protagonistas na transformação de sua realidade social, resgatando e fortalecendo os vínculos familiares e comunitários.

      

Durante o ano letivo, o programa pedagógico desenvolvido pelo PEV abrange diversas áreas, entre elas, instruções básicas de primeiros socorros, prevenção de acidentes domésticos e noções básicas de salvamento. Também são realizadas atividades de musicalização, ordem unida, artes marciais, orientação espiritual, além de palestras, passeios e outros eixos que envolvem o conteúdo anual do programa.

      

Durantes esses vinte e três anos cerca de vinte mil alunos foram atendidos pelo PEV, desta maneira pode-se afirmar que grandes foram às conquistas alcançadas até o período atual. Um dos Coordenadores do Programa, Tenente Coronel Elias Rocha, afirma que esta data é motivo de alegria e agradecimento. “É com grande satisfação que comemoramos esta aniversário, visto que os idealizadores do programa Escola da Vida não tinham noção da grandiosidade que o PEV alcançaria junto a transformação na vida de muitos adolescentes. Parabéns à todos que fazem parte dessa grande obra e à todos que nos ajudaram durante esses vinte e três anos a escrever assa bela história de lutas e conquistas”, declarou o Coordenador.

 

METAS

Ainda no primeiro semestre de 2016, será inaugurado o mais novo polo do Programa Escola da Vida, desta vez, no munícipio de Mojú.

O empenho da coordenação está direcionado a melhorias relacionadas aos espaços físicos de cada polo, buscando desta maneira o melhor atendimento aos alunos. Além disso, o Corpo de Bombeiros também estará empenhado na regularização e transformação futuramente do Programa em uma Fundação.

 

Texto: Voluntária Civil Camila Santos

Fotos: Sargento Carlos - BM/5