Final de semana em Salinópolis foi de muito sol e atenção redobrada dos bombeiros

O inicio da segunda quinzena do verão foi de movimento tranquilo em Salinópolis, porém a quantidade de banhistas e ocorrências aumentou consideravelmente no domingo (21), devido aos ônibus de piqueniques que costumam frequentar aquele balneário, com viagens programadas geralmente para o final de semana.

 

Veja galeria de fotos

Segundo o Capitão Arteaga (subcomandante da 2ª quinzena da operação), a quantidade de guarda-vidas aos finais de semana é de 70 militares, distribuídos nas praias do Atalaia, Corvina, Maçarico e Farol Velho.

Na praia do Atalaia no sábado (20) foram registradas 24 ocorrências, sendo a maioria ocasionadas por objetos perfuro cortantes e animais marinhos, o que pode ser ocasionado pela quantidade de lixo despejada pelos próprios banhistas na praia.

 

Em relação ao serviço de prevenção, o senhor Hélio Leite, ex-prefeito do município de Castanhal, 55 anos, destacou que: “O governo do Estado através do Corpo de Bombeiros proporciona a todos nós a tranquilidade de sabermos que nossos filhos, netos, estão sendo instruídos e monitorados por uma pulseira que ajuda a identificar as crianças perdidas, e isso é muito importante, por que é uma ação preventiva, e por meio desse serviço o Corpo de Bombeiros presta um excelente trabalho de prevenção à comunidade paraense”.

 

A senhora Ivaneide dos Reis moradora do bairro da Cidade Velha em Belém, 37 anos observou o fato de que muitas mães não dão tanta importância em colocar a pulseira de identificação em suas crianças, e em um momento inesperado esse trabalho vai ajudar na localização de seus filhos pela praia.

Também na manhã de sábado, o Cabo Guedes, pertencente ao quartel do 1º GBS, participou da Corrida do Sal, um evento tradicional do município que inscreveu cerca de mil participantes, e ocorreu na orla da praia do Maçarico, possuindo um percurso de 8 km. O militar (CB Guedes) realizou a prova em um tempo de 30mim40segundos, conquistando a 8ª colocação geral e o 1º lugar em sua categoria (45 a 54 anos).

No domingo (21) somente pela parte da manhã foram registradas 60 ocorrências na praia do Atalaia, tendo um número de 36 crianças perdidas; 17 em consequência de ferimentos por objetos perfuro cortantes; 06 por animais marinhos e 01 luxação. Entre as crianças perdidas estava o menor Gustavo Silva, de 07 anos, o qual ficou no posto 02 por cerca de 30 minutos, o mesmo relatou que ao correr atrás de uma pipa pela praia se perdeu de seus familiares, o mesmo permaneceu calmo até a chegada de sua avó, a qual ele abraçou chorando, - a senhora Ana Lucia Silva (avó) relatou que estava desesperada e muito preocupada com o neto, quando perguntou para um dos guarda-vidas de serviço na praia e o mesmo informou que a criança deveria estar em um dos postos, ao que ela confirmou para seu alivio.

 

O banhista Ricardo, de 31 anos ao ver o trabalho de distribuição de pulseiras e panfletagem se interessou e solicitou para seus filhos e destacou: “A segurança de nossas crianças e nossos bens estão em primeiro lugar, por isso acho muito importante ser alertado sobre o horário da maré e identificar meus filhos com essa pulseira”.

A senhora Helane Bastos, de 23 anos comentou sobre o serviço: “Esse é um belo trabalho do Corpo de Bombeiros, principalmente nesta época em que aumenta muito o número de pessoas na praia, e há facilidade de se perder uma criança, e querendo ou não a gente se sente mais tranquilo”.

O final de semana nas praias de Salinas foi de muito trabalho, não só dos guarda-vidas, que foram incansáveis na prevenção aos banhistas, bem como pela equipe da Assessoria de Comunicação Social e Defesa Civil, que realizaram a distribuição de panfletos, contento dicas de prevenção nas praias, informativo de tábua de marés e pulseiras de identificação para as crianças.

A Operação Verão 2013, em Salinópolis, além dos guarda-vidas e socorristas contam com o apoio de embarcações (flex boat e jet ski), unidade de resgate (ambulância), moto, jeep tipo Troller, ônibus para transporte da tropa e caminhão para transporte de material.

 

As estradas que dão acesso ao município de Salinópolis também contam com o apoio de viaturas de resgaste, por ocasião da Operação Estrada. A prevenção é feita pela viatura UR 44 localizada no município de Santa Luzia e a UR 46 em Nova Timboteua, que contam com um efetivo de 12 militares cada, sendo que os mesmos prestam serviços de socorros e emergências, tanto aos veranistas que trafegam por essas localidades quanto à população dos municípios do entorno.

Texto: Soldado BM Leonora (ASCOM)

Fotos: Subtenente BM Cardoso