Página Inicial

Bombeiros celebram seu 9º Círio

ciriobmciriobm_1ciriobm 5

Aconteceu na manhã de hoje, (26), o Círio dos Bombeiros Paraenses. Há nove anos a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré sai da Basílica Santuário em direção ao Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Pará. A Imagem Peregrina é conduzida em uma berlinda na viatura jipe da corporação. A guarda de Nazaré durante a trasladação fica por conta de militares guarda-vidas do Grupamento Marítimo Fluvial.

Veja a galeria de fotos

ciriobm 2ciriobm 3ciriobm 4Durante o percurso da trasladação, que compreendeu a Av. Generalíssimo Deodoro, Trav. Brás de Aguiar, Trav. Quintino Bocaiúva, Rua Boa Ventura da Silva, Av. Visconde de Souza Franco, Av. Senador Lemos e Av. Júlio César, houve várias homenagens de moradores, empresas e colégios, com a manifestação de faixas, queima de fogos e papel picado.

A imagem chegou ao Quartel por volta das 9h, diante de uma queima de fogos, onde foi recebida pelo Coronel QOCBM Fernando, subcomandante Geral do CBMPA, pelos cadetes da ABM (Academia Bombeiro Militar) e pela Banda de Música da Corporação. A emoção tomou conta de militares, familiares e moradores das proximidades que aguardavam a chegada da imagem de Nossa Senhora para a celebração do Rito da Bênção.

Dona Nazaré, esposa do Coronel Nonato, ex-comandante geral do CBMPA, disse que a emoção é o sinal de que Nossa Senhora está abençoando.

Já Dona Maria de Fátima, moradora das proximidades, contou que está em sua segunda participação no Círio dos Bombeiros e, que enquanto estiver viva vai participar de todos. Ela faz parte das peregrinações de bairro, não perde o Círio Fluvial e tampouco o Círio oficial. “Tenho muita fé na Santa junto ao seu Filho Jesus Cristo”, disse dona Maria.

O Rito da benção foi conduzido pelo Tenente Coronel Emanuel, Capelão da Corporação, com a leitura da palavra de Deus, cantos de aclamação e preces ao Senhor. Também houve a participação de Emanuel (filho do capelão), que cantou a oração do Romeiro e do Tenente Coronel Gouveia, que interpretou a música “Nossa Senhora” de Roberto Carlos.

O Coronel Fernando em sua fala, em nome do senhor Coronel Donato, Comandante Geral do CBMPA, agradeceu a participação de todos os militares e da comunidade presente e, ressaltou a honrosa oportunidade de recepcionar a Imagem Peregrina da Virgem de Nazaré. Pediu bênçãos a todos os presentes, ao serviço bombeiro e a recente promoção de oficias e praças bombeiros militares e ressaltou que “O Círio de Nazaré é um momento de renovação, pois somos seres humanos e, muitas vezes, enfraquecemos e fraquejamos e então perdemos a identidade de sentimentos nobres como, a solidariedade, humildade e amor ao próximo, por isso o Círio é um momento de repensarmos e renovarmos esses sentimentos que são fundamentais para vivermos e realizarmos nossa profissão de maneira melhor”.

Após o encerramento do rito da benção, a imagem peregrina ficou por alguns minutos sobre o altar, onde os fiéis faziam questão de tocar a imagem, pedindo bênçãos e registrar aquele momento ímpar.

O Círio dos Bombeiros contou com a participação do Coronel BM Nonato e sua esposa (dona Nazaré), do Coronel De Assis do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, de oficiais e praças do CBMPA, além da comunidade civil, que a cada ano aumenta a sua participação. Nesta nona edição, a estimativa de público presente no círio foi em torno de 450 pessoas.

O evento foi coordenado pela Capelania Católica do Corpo de Bombeiros, tendo a frente o Tcel BM Emanuel, que contou com o apoio do movimento Cristo Alegria, cadetes da ABM, banda de música, conjunto musical e assessoria de comunicação social (BM/5).

Texto: SD BM Juliana (ASCOM)

Fotos: CB BM Carlos