Página Inicial

Banco de Leite Humano necessita de doadoras

Por Deyse Melo

O Projeto Bombeiros da Vida, que integra o Banco de Leite da Santa Casa de Misericórdia, é uma iniciativa do Ministério da Saúde em parceria com o Corpo de Bombeiros do Brasil e com os hospitais. Surgiu em 2002 da necessidade de alimentar os bebês da Maternidade, que estão prematuros e de alto risco internados em UTIs. O Banco, hoje, encontra-se com uma triste realidade por causa da diminuição da coleta do leite. O refrigerador, onde toda coleta é armazenada, está com suas prateleiras completamente vazias.

 

 

Foi implantado em 2002, em Belém, localizado na Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará (FSCMPA). No primeiro mês de implantação, a quantidade de leite dobrou o esperado. Em 2006, o projeto recebeu do Corpo de Bombeiros do Estado a primeira viatura, melhorando assim a infraestrutura, e sendo alcançado o volume de 600 litros por mês, média satisfatória para aquele período.

A Ten. Coronel BM Silvia, Coordenadora do projeto, faz um apelo: “A medicina está avançada, mas mesmo assim, o leite continua sendo primordial para ajudar na recuperação dos recém-nascidos, que estão nas incubadoras. Peço às mães que tenham excedente de leite, que nos ajudem a ajudar esses bebês”.

A soldado Raylessandra, coletora do projeto, ressalta que “o projeto é excelente e muito importante; ele salva vidas”. Ela orienta às mães que a coleta seja feita, assim que amamentarem o bebê. Depois de coletado, o líquido tem de ser colocado no refrigerador de sua casa para que possamos ir buscá-lo.

Ser doadora é muito fácil. O primeiro requisito é ser saudável e ter excedente de leite, a partir daí será feita uma triagem que irá identificar se a mulher tem alguma doença infecciosa. Caso ela possua boa saúde, os procedimentos seguem normalmente para fazer a coleta para a instituição.

Atualmente a quantidade é bem reduzida para o número de recém-nascidos que estão precisando de aleitamento, pois a meta atual é de 900 litros por mês. O bebê da doméstica Célia Martins é um dos recém-nascidos que precisam do leite. Ele está há 18 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa, apresentando dilatação dos rins entre outros problemas.

 

Serviço:

Para doação de leite humano ou recipientes ligue para os números: 4009-2212/4009-2311 (funciona 24h) / 0800-7272 ou na Santa Casa de Misericórdia do Pará, localizada na Rua Oliveira Belo, 395.